Futebol Garantido na Libertadores, Bragantino bate o Coritiba em último jogo dentro de casa

Garantido na Libertadores, Bragantino bate o Coritiba em último jogo dentro de casa

Léo Ortiz fez o único gol da vitória do Massa Bruta por 1 a 0 sobre os paranaenses no Nabi Abi Chedid

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Thiago Borbas, do Red Bull Bragantino, durante partida contra o Coritiba pelo Brasileirão

Thiago Borbas, do Red Bull Bragantino, durante partida contra o Coritiba pelo Brasileirão

LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO - 03/12/2023

Bragantino venceu o já rebaixado Coritiba por 1 a 0, no Nabizão, em Bragança Paulista (SP), em confronto válido pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo (3).

O gol do Massa Bruta foi anotado pelo zagueiro e capitão Léo Ortiz, de cabeça, aos 29 minutos da etapa final. Já garantido na pré-Libertadores 2024, o Braga interrompeu um jejum de cinco jogos sem vitórias, chegando aos 62 pontos e se reaproximando do G4 no Brasileirão.  

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O Coritiba, por sua vez, jogou para cumprir tabela, já pensando em 2024. O técnico Guto Ferreira, que irá conduzir a equipe paranaense na busca pelo acesso na série B do próximo ano, utilizou diversos jovens da base, buscando alternativas para a reformulação do elenco.

Primeiro tempo de uma equipe só

Logo aos 4 minutos, a primeira oportunidade da partida: após escanteio cobrado, Lucas Evangelista chutou no canto direito do goleiro Pedro Morisco, que se esticou para impedir que o marcador fosse inaugurado pela equipe de Bragança Paulista. Foi a primeira das treze finalizações do Bragantino na etapa inicial.

Com o apoio da torcida e marcação no primeiro terço do campo adversário, o Massa Bruta impunha sua alta intensidade sobre o Coxa Branca, que só fez se defender. O jovem goleiro Pedro Morisco, de 19 anos, continuava a se destacar positivamente para a equipe paranaense, defendendo um belo chute de fora da área de Helinho, aos 28 minutos do primeiro tempo.

A primeira finalização do Coxa veio apenas no primeiro dos dois minutos de acréscimo dados pelo árbitro Dyorgines Padovani de Andrade, em chute de fora da área de Marcelino Moreno, recém-contratado, em definitivo, pela SAF do Coritiba.
 

Substituições para manter o volume de jogo, e gol do Bragantino na volta do intervalo 

Para a segunda etapa, Guto Ferreira trouxe seus comandados ao campo ofensivo, buscando deixar de lado a postura recuada do primeiro tempo, todavia as aspirações do Coxa Branca logo se viram frustradas, uma vez que o Bragantino seguia apresentando um maior volume de jogo. 

Dominando a posse de bola e de energia renovada com a entrada de Jadsom, Vitinho e Eduardo Sasha, o Massa Bruta subiu suas linhas, tornando a pressionar o Coritiba, com uma marcação no bloco alto, e passou a atacar com praticamente seis peças ofensivas.

As alterações de Pedro Caixinha se mostraram vitais para que o Bragantino conseguisse furar a defesa dos paranaenses. Aos 29 minutos, em cruzamento pela esquerda de Vitinho, Eduardo Sasha escorou para Léo Ortiz abrir o marcador, 1 a 0 para a equipe de Bragança Paulista. Foi apenas o segundo gol do capitão do Braga no ano.

Próximo jogo

O Bragantino torna a entrar em campo na próxima quarta-feira (28), pela 38ª rodada. A equipe de Bragança Paulista viaja para o Rio de Janeiro, onde enfrentará o Vasco da Gama, em São Januário, às 21h30 (horário de Brasília). O Coritiba, por sua vez, recebe o Corinthians, no estádio Couto Pereira, com portões fechados, em mesmo dia e horário, pela rodada final do Brasileirão 2023.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 1 x 0 CORITIBA

Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data e horário: domingo (3), às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Árbitro de vídeo: Diego Pombo Lopez (BA)

Gol: Léo Ortiz, aos 29'/2T (Bragantino)
Cartões amarelos: Helinho, Matheus Fernandes, Juninho Capixaba, Matheus Gonçalves (Bragantino)

BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Ortiz, Luan Cândido e Juninho Capixaba (Léo Realpe); Matheus Fernandes (Jadsom Silva), Bruninho (Eduardo Sasha) e Lucas Evangelista; Helinho (Matheus Gonçalves), Henry Mosquera (Vitinho) e Thiago Borbas. Técnico: Pedro Caixinha

CORITIBA: Pedro Morisco; Natanael, Thalisson Gabriel, Kuscevic e Diogo Batista (Reynaldo); Willian Farias (Andrey), Sebástian Gómez e Matheus Bianqui (Gabriel Silva); Marcelino Moreno, Robson (Lucas Ronier) e Kaio César (Edu). Técnico: Guto Ferreira

Não é só o Botafogo! Veja outros times que perderam edições do Brasileirão que estavam 'ganhas'

Últimas