Futebol Fluminense sai perdendo do Vila Nova, mas consegue virada no fim

Fluminense sai perdendo do Vila Nova, mas consegue virada no fim

Pela 3ª fase da Copa do Brasil, time goiano abriu 2 a 0 no Maracanã, mas Tricolor Carioca conseguiu a virada com gol de Fred aos 42'

  • Futebol | Do Live Futebol Br

Fred comemora o gol da virada do Fluminense aos 42' do segundo tempo

Fred comemora o gol da virada do Fluminense aos 42' do segundo tempo

Mailson Santana/Fluminense FC (19.04.2022)

Fluminense começou com susto, mas com final feliz o duelo contra o Vila Nova (GO) pela terceira fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, disputado na noite desta terça-feira (19) no Maracanã, o Tricolor Carioca saiu perdendo por dois gols, mas conseguiu a virada e venceu por 3 a 2.

Em um primeiro tempo que começou com poucas chances claras e com muitas faltas para ambos os lados, o time goiano conseguiu abrir o placar aos 36 minutos, com o zagueiro Rafael Donato de cabeça. Na segunda etapa, Pablo Dyego aumentou a conta aos 11'. A virada do Flu começou aos 21' com Paulo Henrique Ganso, em pênalti muito contestado pelo Vila. Cano empatou aos 26' e Fred, que entrou no decorrer do jogo, virou aos 42'.

Com o resultado, o Fluzão joga pelo empate na partida de volta em Goiânia, marcada para o dia 11 de maio, uma quarta-feira, no Serra Dourada. Na Copa do Brasil, em caso de empate na soma dos placares, o classificado será conhecido nos pênaltis.

Próximos jogos
O próximo compromisso do Flu será contra o Internacional, no sábado (23), às 19h (de Brasília), pela 3° rodada do Campeonato Brasileiro, novamente no Maracanã. O Tricolor Carioca está na quarta posição, com 4 pontos conquistados - empatou sem gols com o Santos na estreia e venceu o Cuiabá fora de casa com um gol contra.

Já o Vila Nova também joga no sábado, só que pela Série B. O time que soma dois pontos conquistados com dois empates na Segundona, encara o Ituano, em Itu (SP).

Pineida, do Fluminense, trava bola com zagueiro Rafael Donato, autor do 1º gol do Vila Nova

Pineida, do Fluminense, trava bola com zagueiro Rafael Donato, autor do 1º gol do Vila Nova

Mailson Santana/Fluminense FC (19.04.2022)

O jogo
A primeira etapa começou com o Vila Nova pressionando, tentando os primeiros chutes a gol. Já o Fluminense, buscou construir suas jogadas com passes longos, mas encontrou dificuldade em passar pelo meio de campo do clube goiano.

Apesar da superioridade da equipe mandante, o Flu levou pouco perigo ao gol do Vila Nova. Já o colorado goiano, continuou pressionando o Tricolor Carioca e abriu o placar aos 36', com Rafael Donato de cabeça para balançar a rede.

O 1º tempo se encerrou com o Fluminense sendo vaiado pela torcida, apresentando um futebol abaixo do esperado em casa.

Segunda etapa
Na volta do intervalo, o Fluminense entrou com outra proposta em campo, pressionando com uma linha alta o Vila Nova e criando finalizações logo nos primeiros minutos. O controle de jogo do Tricolor Carioca permaneceu, mas no primeiro contra-ataque do Vila Nova, aos 11’ Pablo Dyego, sozinho na pequena área, ampliou o placar: 2 a 0.

Aos 17’ a arbitragem marcou pênalti para o Fluminense em cima de Willian Bigode. Após reclamação dos jogadores do Vila Nova, Ganso diminuiu batendo no canto esquerdo: 2 a 1.

O Fluminense continuou com a pressão em cima da equipe goiana e conseguiu o empate aos 26’. Após lançamento de Marlon, Germán Cano completou dentro da pequena área: 2 a 2.

Nos minutos finais, o Tricolor das Laranjeiras conseguiu a virada. Após bom passe de Nonato, Fred, que entrou no decorrer da segunda etapa, bateu com a chapa do pé no canto esquerdo do goleiro, marcando seu primeiro gol na temporada e garantindo a virada no Maraca aos 42 da etapa final: 3 a 2 e vitória tricolor.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 3 x 2 Vila Nova
Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro
Data e hora: 18/04 às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Pará)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do Pará)
Cartões: Victor Andrade, Rafael Donato, Georgemy e Arthur Rezende (Vila Nova); Nino e Ganso (Fluminense)

Gols: Rafael Donato aos 36’/1ºT e Pablo Dyego aos 11’/2°T (Vila Nova); Ganso, de pênalti, aos 21’/2°T, Germán Cano aos 26’/2°T e Fred aos 42’/2°T (Fluminense)

FLUMINENSE: Fábio; Nino, Samuel Xavier e David Braz; Pineida (Marlon), André, Yago Felipe (Nonato) e Jhon Arias (Ganso); Willian Bigode (Fred), Luiz Henrique (Caio Paulista) e Germán Cano. Técnico: Abel Braga.

VILA NOVA: Georgemy; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Ralf, Arthur Rezende e Wagner (Pablo); Matheuzinho (Rubens), Pablo Dyego (Jean Silva) e Victor Andrade (Diego Tavares). Técnico: Higo Magalhães.

R$ 80 milhões para o campeão! Saiba os valores das premiações de cada fase da Copa do Brasil

Últimas