Futebol Fluminense pressiona e vence com gol contra do Cuiabá no final

Fluminense pressiona e vence com gol contra do Cuiabá no final

Cariocas levam a melhor e somam três pontos em partida truncada, disputada na Arena Pantanal, na noite deste sábado

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Paulo Henrique Ganso, do Fluminense, domina bola em jogo contra o Cuiabá pelo Brasileirão

Paulo Henrique Ganso, do Fluminense, domina bola em jogo contra o Cuiabá pelo Brasileirão

Mailson Santana/Fluminense FC (16.04.2022)

Na Arena Pantanal, o Fluminense venceu o Cuiabá por 1 a 0 na noite deste sábado (16) - gol contra do capitão Paulão, aos 46' do segundo tempo. O time carioca acaba com a sequência de duas partidas sem balançar as redes. O Cuiabá lamenta.

O próximo compromisso do Flu será pela Copa do Brasil: terça-feira (19), às 21h30, no Maracanã, com o Vila Nova, em partida de ida da terceira rodada.

O Cuiabá também tem, como desafio, a mesma competição: na quinta (21), às 21h30, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, diante do Atlético-GO.

Jogando com seu uniforme 3, cinza, o Tricolor das Laranjeiras rapidamente percebeu que os donos da casa manifestavam insegurança na saída de bola.

O goleiro Walter, vindo de lesão, foi logo dando um tremendo susto na torcida de seu Cuiabá: aos 13’, com a bola nos pés, errou o passe e a bola quase chegou ao “matador” Fred. O próprio Walter se recuperou e pegou.

O Flu avançou suas linhas de marcação e tanta vontade se justificava. Afinal, após ganhar o Campeonato Carioca, apenas empatou sem gols em sua estreia no Brasileiro, diante do Santos, no Maracanã, e perdeu por 3 a 0 para o Junior Barranquilla, pela Sul-Americana, na Colômbia.

O Cuiabá, apesar de começar bem no Brasileiro com vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza, fora de casa, também vinha de derrota: para o Racing, na Argentina, igualmente pela Sul-Americana, por 2 a 0.

De pé em pé, aos 31’, parecia que o Flu tramaria uma jogada clara de gol, mas Ganso errou o passe e facilitou o contra-ataque do Cuiabá, que em nada resultou.

O jogo ficou mais truncado e faltoso, mas, se sobrou vontade, faltou técnica. Resultado parcial e sem nenhuma graça para as torcidas: 0 a 0.

Etapa final
O confronto recomeçou com muita briga pela bola, mas ainda tecnicamente abaixo do esperado. Aos 7’, Ganso quase chegou na cara do gol após tabela com Luiz Henrique. Ganso caiu na área e o VAR (árbitro de vídeo) foi acionado e nada de pênalti.

De verde, o Dourado, apelido do Cuiabá, seguia encolhido, sem alternativas de jogada mais agressivas, enquanto o Flu se lançava ao ataque como se estivesse jogando no Rio de Janeiro. Fred, contudo, seguia apagado. Tanto que foi sacado.

Os técnicos promoveram mais alterações, mas a partida continuava sofrível sem chutes a gol e com erros de passe. O jogo até ficou mais aberto e Germán Cano, que entrou pelo Flu, deu trabalho ao goleiro Walter.

O que se viu em seguida foram trombadas e jogadas divididas. Ambas as equipes sem organização e com pouca inspiração no calor da noite mato-grossense. 

Até que, aos 46' do segundo tempo, Yago lançou para Cano, que cruzou na área. Paulão, numa grande infelicidade, colocou a bola na rede: 1 a 0 Flu.

Pelo Brasileiro, o Flu volta a campo no sábado (23), às 19h, contra o Internacional, no Maracanã. Na mesma competição, o Cuiabá pega o Juventude no domingo (24), às 18h, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

FICHA TÉCNICA
Cuiabá 0 x 1 Fluminense
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data e hora: sábado (16/4), às 21h
Público e renda: 10.791 presentes / R$ 327.200,00
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF/Fifa)
Cartão amarelo: Nino (Fluminense), aos 34’/1ºT

Gol: Paulão, contra, aos 46'/2ºT (Fluminense)

FLUMINENSE: Fábio; Manoel, Nino, Pineida (Cris Silva) e Calegari; Wellington, Ganso (Yago Felipe) e Nonato; John Arias (Caio Paulista), Fred (Cano), Luiz Henrique (William Bigode). Técnico: Abel Braga.

CUIABÁ: Walter; João Lucas, Alan Empereur, Paulão e Igor Cariús; Everton (Felipe Marques), Rafael Gava (Valdívia), Pepê e Rodriguinho (Marcão); André Luís (Marquinhos) e André Felipe (Elton). Técnico: Pintado.

CR7 faz três gols e comanda a vitória do Manchester United na Premier League

Últimas