Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Flamengo sofre virada do Olimpia e é eliminado nas oitavas da Libertadores

Mengão não suportou pressão e perdeu por 3 a 1 dos paraguaios que vão encarar o Fluminense nas quartas; veja os gols

Futebol|Do Live Futebol BR


No duelo de tricampeões da Libertadores, o Olimpia-PAR eliminou o favorito Flamengo na noite desta quinta-feira (10), no Defensores del Chaco.

O time paraguaio fez 3 a 1 de virada, acabou com a vantagem do atual campeão conquistada no 1 a 0 da semana passada, no Maracanã, e será o adversário do Fluminense nas quartas de final.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Em jogo eletrizante em Assunção, o Mengão saiu na frente com Bruno Henrique no começo do jogo, levou o empate ainda no primeiro tempo, e sofreu mais dois gols no segundo. No placar agregado, 3 a 2 para o Olimpia.

Agora, o time paraguaio encara outro time carioca, o Fluminense, que já havia confirmado sua classificação na última terça-feira (8), quando venceu o Argentinos Juniors por 2 a 0 depois de um empate no primeiro jogo.

Publicidade

As partidas das quartas de final serão disputadas nas semanas dos dias 23 e 30 de agosto.

Iván Torres comemora gol do Olimpia
Iván Torres comemora gol do Olimpia

Leia também

Como foi

Publicidade

Não faltou emoção no jogo de volta entre Olimpia e Flamengo. Com o Defensores del Chaco lotado e precisando tirar a vantagem de um gol que o time brasileiro havia construído no Rio, os paraguaios foram para cima e abriram espaços para os contra-ataques.

Em um deles, Ortiz derrubou Bruno Henrique na ponta esquerda. Arrascaeta cobrou a falta e o próprio BH desviou de bico, sem chance para o goleiro Espínola: 1 a 0 Fla com 7 minutos de jogo.

Mas a alegria rubro-negra não durou nem cinco minutos. Aos 11’, González cruzou na medida para Iván Torres subir de cabeça e deixar tudo igual: 1 a 1.

A expectativa de um bom jogo parou nos 15 minutos iniciais. O restante do primeiro tempo foi de muita briga e pouco futebol.

E o início da segunda etapa foi bem parecido. Por reclamação, o técnico Jorge Sampaoli foi expulso. Para piorar, o Olimpia marcou aos 21’.

Após cobrança de escanteio, Ortiz subiu sozinho e testou no cantinho para marcar o segundo do time da casa: 2 a 1.

Cinco minutos depois, Fabrício Bruno salvou o Mengão. Filipe Luís perdeu a bola dentro da pequena área, Bruera saiu na cara do gol, tentou o passe e o zagueiro flamenguista tirou antes de Martínez completar.

Mas o castigo veio aos 34’, em mais uma cobrança de escanteio do Olimpia. O centroavante Bruera, que havia acabado de entrar, subiu mais que a defesa do Fla, marcou o terceiro e carimbou a classificação dos paraguaios no tempo normal.

O Fla chegou a marcar com Victor Hugo aos 43’, mas o impedimento de Gabigol foi marcado. O VAR checou o lance e confirmou o impedimento dado pela arbitragem no campo.

Próximos jogos

Eliminado da Libertadores, o Mengão volta suas atenções para outras duas competições. No domingo (13), recebe o São Paulo às 18h30, no Maracanã, pela 19ª rodada do Brasileirão.

Na quarta (16), faz em casa o segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio. Como venceu por 2 a 0 em Porto Alegre, avança para mais uma final até mesmo com uma derrota por um gol de diferença.

FICHA TÉCNICA:

OLIMPIA-PAR 3 X 1 FLAMENGO

Local: Defensores del Chaco, em Assunção, Paraguai

Data e hora: quinta-feira (10), às 21h (de Brasília)

Arbitragem: Wilmar Roldán (Colômbia)

Auxiliares: Alexander Guzmán e Wilmar Navarro (ambos da Colômbia)

VAR: Juan Lara (Chile)

Cartões amarelos: Ortiz, Romaña, Zabala, Alejandro Silva (Olimpia); Wesley, Filipe Luís, Gabigol, Luiz Araújo (Flamengo)

Cartão vermelho: Jorge Sampaoli (Flamengo)

GOLS: Bruno Henrique, aos 7’/1ºT (Flamengo); Iván Torres, aos 11’/1ºT (Olimpia); Ortiz, aos 21’/2ºT (Olimpia); Bruera, aos 34’/2ºT (Olimpia)

OLIMPIA-PAR: Espínola; Alejandro Silva (Salazar, aos 39’/2ºT), Romaña, Gamarra e Zabala; Ortiz, Marcos Gómez (Montenegro, aos 15’/2ºT), Fernando Cardozo e Iván Torres (Barreto, aos 39’/2ºT); Walter González (Bruera, aos 20’/2ºT) e Hugo Fernández (Ramón Martínez, aos 15’/2ºT). Técnico: Francisco 'Chiqui' Arce.

FLAMENGO: Matheus Cunha; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Filipe Luís (Ayrton Lucas, aos 32’/2ºT); Thiago Maia (Luiz Araújo, aos 37’/2ºT), Gerson (Allan, aos 32’/2ºT), Everton Ribeiro (Victor Hugo, aos 21’/2ºT) e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Jorge Sampaoli.

PSG dispensou Neymar e outros quatro jogadores; veja quem são

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.