Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Diretor da Democracia Corinthiana e pai de Duilio apoia ação das jogadoras contra Cuca

Adilson Monteiro Alves foi diretor de futebol do clube na época de Sócrates, Casagrande e Vladimir

Futebol|Do Live Futebol BR

Adilson Monteiro Alves ao lado de Duilio Monteiro Alves
Adilson Monteiro Alves ao lado de Duilio Monteiro Alves Adilson Monteiro Alves ao lado de Duilio Monteiro Alves

A contratação de Cuca ainda continua dando o que falar. Nesta segunda-feira (24), foi a vez do pai do presidente Duilio Monteiro Alves se manifestar publicamente sobre o acerto do Corinthians com o treinador, condenado por estupro na década de 1980.

Adilson Monteiro Alves, que foi diretor de futebol do clube na época da Democracia Corinthiana, compartilhou o protesto das jogadoras do Timão feito no último domingo (23) e defendeu a liberdade de opinião e expressão.

Leia também

"AS BRABAS, nossas queridas atletas campeãs, e nosso orgulho, conhecem e vivem essa filosofia e, democraticamente, assim como fizeram muitos de nossos atletas através da história, se manifestaram", diz parte da postagem de Adilson Monteiro Alves.

A diretoria do Corinthians vem sendo alvo de críticas desde a última quinta-feira (20), quando anunciou a contratação de Cuca. No dia seguinte, houve protesto em frente ao CT Joaquim Grava, durante a apresentação oficial do treinador.

Publicidade

Confira abaixo a publicação do pai de Duilio Monteiro Alves:

"RESPEITA AS MINAS, DEMOCRACIA CORINTHIANA, e outros, são movimentos do CORINTHIANS, do TIME DO POVO, (fundado por operários há 113 anos), de seus torcedores, associados, dirigentes, atletas, funcionários.

Publicidade

DEMOCRACIA CORINTHIANA, há mais de 40 anos pressupõe direitos, inclusive liberdade de opinião e expressão. Pressupõe também deveres, divisão de funções, atribuições, como tenho repetido desde o dia em que assumi nosso futebol, no final de 1981, e não havia democracia: jogador joga, técnico tecnica, diretor dirige, torcedor torce; cada um responde por seus atos e todos têm o direito e o dever de se expressar, contra tudo e contra todos, até contra a ditadura, que vigia na época; e todos, em conjunto, amam, trabalham e lutam pelo TIMÃO.

AS BRABAS, nossas queridas atletas campeãs, e nosso orgulho, conhecem e vivem essa filosofia e, democraticamente, assim como fizeram muitos de nossos atletas através da história, se manifestaram.

Publicidade

Vão Brabas!

VAI CORINTHIANS!"

Além do talento em campo, craques do Brasileirão desfilam beleza pelos estádios; confira fotos dos galãs

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.