Futebol Corinthians sofre, mas avança na Copa do Brasil com empate

Corinthians sofre, mas avança na Copa do Brasil com empate

Ferroviário-CE esteve duas vezes à frente no placar, mas Gustagol salva o Timão com dois gols que valeram a classificação para a 2ª fase do torneio

Copa do Brasil

O atacante Gustagol fez os dois gols do Corinthians na partida

O atacante Gustagol fez os dois gols do Corinthians na partida

ROBSON VILELA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 07.02.2019

O Corinthians sofreu para avançar à segunda fase da Copa do Brasil. O time paulista ficou por duas vezes atrás do placar, mas buscou o empate e com o Ferroviário-CE, nesta quinta-feira (7), no Estádio do Café, em Londrina (o clube cearense vendeu o mando de campo).

Os camisas 9 das equipes foram os grandes destaques do jogo: Cariús marcou duas vezes para o time tricolor cearense, enquanto Gustagol empatou fez os dois da equipe alvinegra.

LANCELLOTTI: Patético, o Corinthians se classifica com um empatezinho

Na segunda fase da competição, o Corinthians enfrentará o vencedor do duelo entre Avenida-RS e Guarani, que jogam no dia 13 de fevereiro, em Santa Cruz do Sul (RS).

O jogo

Aos 7 minutos, o Corinthians quase abriu o placar em uma linda jogada. A bola foi cruzada da esquerda, Gustagol ajeitou com estilo para o estreante Wagner Love que bateu de primeira e com muito perigo.

Porém, aos 14, a equipe cearense surpreendeu. Após cruzamento da esquerda, o meia Enercino resvalou de cabeça, o goleiro Cássio não alcançou, a bola bateu na trave e o atacante Cariús, que dividiu com Henrique, empurrou para as redes.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Cinco minutos mais tarde, o Corinthians cobrou escanteio pelo lado esquerdo, Love testou para baixo, o goleiro Gleibson defendeu, mas deixou a bola escapar e Gustagol não perdoou: 1 a 1.

O Ferroviário não se intimidou e assustou o Cássio em um lindo voleio de Cariús, aos 21 minutos. O goleiro corintiano fez uma grande defesa e evitou o segundo gol do adversário.

A partida foi bastante movimentada durante toda a primeira etapa. Os dois times buscaram o ataque do início ao fim.

Segundo tempo lá e cá

No segundo tempo, os jogadores voltaram com a mesma disposição dos primeiros 45 minutos de jogo.

O Corinthians teve a primeira grande chance para virar o placar, aos 3 minutos, em um chute forte de Jadson que o goleiro Gleidson teve dificuldades para segurar. Mas a arbitragem impugnou o lance por entender que o meia corintiano dominou a bola com mão.

Logo depois, o Ferroviário respondeu. Janeudo cobrou falta de longe, mas Cássio encaixou com firmeza. E, aos 9 minutos, nova surpresa: Cariús aproveita cruzamento e emenda para fazer o segundo gol.

Um minuto mais tarde, Gustagol recebeu passe de Sornoza pela esquerda do ataque e disparou para empatar novamente a partida. 

Aos 15 minutos, Wagner Love sentiu a falta de ritmo e pediu para sair. Em seu lugar, o técnico Fábio Carille colocou em campo o meia-atacante Pedrinho.

Oito minutos mais tarde, foi a vez do atacante Gustagol sentir o cansaço e pedir substituição. O argentino Boselli entrou em campo.

Aos 24 minutos, o meia Enercino dominou pela esquerda, passou pela zaga, invadiu a área e chutou rasteiro. Cássio fez grande defesa e evitou o terceiro do Ferroviário.

O time cearense não se entregou até o fim, deu muito trabalho para a defesa corintiana, mas não conseguiu aquela que seria uma das mais impressionantes vitórias na história da Copa do Brasil.

Próximos jogos

No próximo domingo, o Corinthians voltará a campo para enfrentar o Novorizontino, às 17 horas, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Depois, no dia 14 de fevereiro (quinta-feira), o time alvinegro fará a sua estreia na Copa Sul-Americana diante do Racing-ARG, às 21h30, no Itaquerão.

Quem é Emiliano Sala, atacante desaparecido após sumiço de avião: