Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corinthians perde pênalti e fica no 0 a 0 com o Boca na Arena

Jogo de volta pelas oitavas de final da Libertadores será realizado no dia 5 de julho (terça-feira), às 21h30, na Bombonera

Futebol|Do Live Futebol BR

Atacante Willian, do Corinthians, divide lance com Izquierdoz, do Boca Juniors
Atacante Willian, do Corinthians, divide lance com Izquierdoz, do Boca Juniors Atacante Willian, do Corinthians, divide lance com Izquierdoz, do Boca Juniors

O Corinthians chegou ao 18º jogo consecutivo de invencibilidade na Neo Química Arena, na noite desta terça-feira (28), mas o placar de 0 a 0 com o Boca Juniors (Argentina), não foi bom neste primeiro duelo das oitavas de final da Libertadores. O clube paulista ainda teve um pênalti no fim do primeiro tempo, para sair com a vitória e uma pequena vantagem, mas foi desperdiçado pelo atacante Róger Guedes.

A partida de volta será no dia 5 de julho (terça-feira), às 21h30, na Bombonera. O confronto da noite desta terça-feira também foi marcado por apedrejamento do ônibus da delegação do Boca, a caminho do estádio e torcedor argentino sendo detido pela polícia, por atos racistas. A boa notícia foi a presença do atacante Yuri Alberto, em Itaquera, acompanhando a partida.

Leia também

O jogador deverá ser anunciado oficialmente pelo Timão nos próximos dias, com contrato de empréstimo do Zenit (Rússia) até junho de 2023. Antes do compromisso de volta pela competição continental, o Corinthians atuará pelo Brasileirão. Neste sábado (2), o adversário será o Fluminense, às 16h30, no Maracanã.

O jogo

Publicidade

O primeiro lance que gerou um pouco de perigo foi dos argentinos. Aos 14 minutos, Zeballos cruzou pelo alto da direita, Benedetto subiu mais que a defesa, cabeceou com liberdade, mas Cássio bem posicionado fez boa defesa e não deu rebote. A jogada de maior perigo do Timão foi de Adson, aos 36. Ele recebeu a bola pela direita, trouxe para dentro e de fora da área bateu forte no canto direito, perto do gol de Rossi.

Minutos depois o Corinthians teve um pênalti assinalado. Em uma disputa de bola, Rojo deixou o cotovelo no rosto de Mantuan e o árbitro marcou, sem a ajuda do VAR, e amarelou o zagueiro argentino. Na cobrança, Róger Guedes bateu a meia altura no canto esquerdo e o goleiro Rossi espalmou, aos 43 minutos.

Publicidade

Aos 47 minutos o Boca respondeu. Cruzamento pela esquerda, a bola passou pela defesa corintiana, Benedetto finalizou livre e Cássio fez grande defesa, espalmando para escanteio. O primeiro tempo termina com o Timão com mais posse de bola (59%) e cinco finalizações, com somente uma na direção do gol (o pênalti perdido). Já os argentinos chutaram três vezes, sendo duas no alvo.

Na volta do intervalo, o zagueiro Bruno Méndez entrou no lugar de Fagner, que sentiu uma contusão. O defensor reestreou pelo Corinthians, depois de um ano emprestado ao Internacional-RS. Com um minuto de jogo, Willian fez boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro para Adson finalizar de primeira para gol. No entanto, a bola parou nos pés do zagueiro Rojo.

Publicidade

Aos seis minutos foi a vez de o Boca assustar. Oscar Romero cobrou falta central por cima da barreira e Cássio se esticou todo para fazer grande defesa. Aos 20 minutos, Adson perdeu outra boa chance. Mantuan fez jogada pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para trás, para o meia bater de primeira por cima do gol.

Aos 37 minutos, Willian deslocou o ombro direito em uma dividida com o adversário. Ele ainda conseguiu ficar alguns minutos em campo, mas não suportou as dores e foi substituído pelo lateral-esquerdo Fábio Santos.

O Corinthians terminou o jogo com 55% de posse de bola e com dez finalizações, mas somente duas na direção do gol. Já o Boca chutou sete vezes à meta de Cássio e em quatro delas o goleiro precisou trabalhar.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 0x0 Boca Juniors (ARG)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo

Data e hora: terça-feira (28/6), às 21h30

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

Auxiliares: Christian Schiemann e Claudio Ríos (CHI)

VAR: Juan Soto (VEN)

Cartões amarelos: Roni, João Victor e Lucas Piton (Corinthians); Rojo e Varela (Boca Juniors)

CORINTHIANS: Cássio, Fagner (Bruno Méndez), João Victor, Raul Gustavo e Lucas Piton; Roni, Adson (João Pedro) e Giuliano; Mantuan, Willian (Fábio Santos) e Róger Guedes (Junior Moraes). Técnico: Vítor Pereira

BOCA JUNIORS-ARG: Rossi; Advíncula, Sandez, Izquierdoz e Rojo; Pol Fernández, Varela e Oscar Romero (Campuzano); Villa, Zeballos (Ramírez) e Benedetto.

Técnico: Sebastián Battaglia

Corintianos são alvos de racismo pela terceira vez diante do Boca: relembre casos contra brasileiros

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.