Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esportes
Publicidade

Comissão da seleção da Espanha pede demissão em massa com 'fico' de cartola que beijou atleta à força

Onze saíram diante da permanência de Luis Rubiales na presidência da federação do país; técnico Jorge Vilda decidiu ficar

Copa do Mundo|Do R7, com AFP e EFE

'Fico' de Rubiales enfureceu comissão espanhola
'Fico' de Rubiales enfureceu comissão espanhola 'Fico' de Rubiales enfureceu comissão espanhola

A maior parte da comissão técnica da seleção espanhola feminina de futebol, campeã no último domingo (20) da Copa do Mundo, em Sydney, na Austrália, anunciou neste sábado (26) demissão em massa por causa da conduta do presidente da federação espanhola de futebol, Luis Rubiales, que deu um beijo forçado na boca da jogadora Jenni Hermoso.

Ao todo, 11 pessoas deixaram seu cargo, mas o treinador da seleção feminina, Jorge Vilda, permaneceu na função.

"Condenação firme e contundente à conduta demonstrada pelo presidente", afirmou a maioria dos membros da comissão técnica campeã mundial, incluindo a assistente técnica Montse Tomé. "Dadas as atitudes e declarações inaceitáveis ​​do líder máximo da RFEF [federação espanhola], tomamos a decisão de entregar os cargos", acrescentou o grupo.

Estão fora da equipe técnica os seguintes profissionais: Montse Tomé (assistente de Vilda), Javier Lerga (assistente técnico), Eugenio Gonzalo (treinador do sub-17 e sub-16), Blanca Romero (preparadora física), Carlos Sánchez (treinador de goleiras), Rubén Jiménez (analista técnico), Sonia Bermúdez (treinadora do sub-19 e sub-20), Javier Velázquez (preparador físico), Javier Egido (analista técnico), Ander Ruiz (treinador de goleiras) e Elena Fernández (treinadora de goleiras).

Publicidade

A carta publicada por esse grupo do corpo técnico da seleção feminina de futebol mostra que, após a assembleia geral extraordinária da federação espanhola de futebol, ontem, “na qual o presidente da RFEF não apresentou sua demissão e na qual contou uma história que em nada reflete o que sentiu a referida jogadora, que afirmou expressamente que se sentia 'vítima de um atentado', essa parte da equipe técnica apoia” a atleta e acredita na "versão por ela oferecida”.

Suspensão da Fifa

Mais cedo, a Fifa (Federação Internacional de Futebol) anunciou a suspensão provisória de Luis Rubiales. "Hoje decidimos pela suspensão provisória do senhor Luis Rubiales de todas as atividades relacionadas com o futebol em nível nacional e internacional", afirmou o órgão dirigente do futebol mundial em comunicado, explicando que a suspensão durará um período inicial de 90 dias "e enquanto tramitar o processo disciplinar aberto".

Publicidade

Um pouco antes, a federação qualificou de "mentiras" as últimas acusações de Jenni Hermoso contra Rubiales. A entidade máxima do futebol espanhol anunciou "ações legais".

"A RFEF e o senhor presidente demonstraram cada uma das mentiras que se difundem, seja por alguém em nome da jogadora ou, se for o caso, pela própria atleta", disse o órgão em um comunicado na madrugada deste sábado, depois de Hermoso ter dito que se sentia "vítima de uma agressão" pelo beijo de Rubiales na boca.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.