Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Campeonato Paulista - NO REFRESH
Publicidade

Sem fazer gol em 2023, Endrick vive a primeira crise como profissional

Vendido ao Real Madrid por cerca de R$ 400 milhões, o atacante começou a temporada como titular e agora está na reserva

Campeonato Paulista|Do R7


Endrick não foi titular contra o São Bernardo nem contra o Ituano, pelo Campeonato Paulista
Endrick não foi titular contra o São Bernardo nem contra o Ituano, pelo Campeonato Paulista

Joia do futebol brasileiro, o atacante Endrick, de apenas 16 anos, enfrenta a sua primeira crise como profissional: desde o início da temporada, em janeiro, ele ainda não fez gols pelo Palmeiras.

Vendido ao Real Madrid, em dezembro, por 72 milhões de euros (pouco mais de R$ 400 milhões, na cotação atual), Endrick começou o ano como titular e conquistou seu segundo título na carreira, a Supercopa do Brasil.

"Estou tentando ganhar confiança, não é fácil jogar no profissional, estou me adaptando. Não tenho medo, tenho que ir para cima", disse o jovem atacante após a vitória do Verdão sobre o Flamengo por 4 a 3, no fim de janeiro.

O técnico Abel Ferreira e jogadores do Palmeiras já demonstraram apoio publicamente, mas Endrick ficou no banco nos dois últimos jogos da equipe: vitórias por 1 a 0 sobre o São Bernardo (quartas de final) e o Ituano (semifinal) no Campeonato Paulista.

Publicidade

O pior momento dessa má fase foi no dia 22 de fevereiro, na vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino, na fase de grupos do Paulistão.

Abel, que algumas vezes já se mostrou visivelmente incomodado com os jornalistas por suas perguntas sobre o jogador, substituiu Endrick aos 15 minutos do segundo tempo. O jovem foi para o banco de reservas, cobriu o rosto com um colete e chorou.

Publicidade

'Que não perca o sorriso no rosto'

"Claro que há uma pressão tremenda que ele tem que fazer cinco, seis gols, que ele próprio tenta lidar com isso", disse então o técnico do Palmeiras.

"O que peço a ele é que não perca o sorriso no rosto, só peço isso [...] Ele tem uma carreira absolutamente extraordinária pela frente", acrescentou.

Os números atuais de Endrick contrastam com seu brilho na base do clube paulista, na qual conquistou os campeonatos de todas as categorias e marcou 161 gols em 188 jogos oficiais e amistosos.

Em sua estreia como profissional, em outubro do ano passado, as coisas saíram melhor para o atacante: ele marcou três gols em sete partidas (306 minutos), em três delas tendo começado como titular.

Seu último gol foi na vitória por 4 a 0 sobre o Fortaleza, no dia 2 de novembro, no Allianz Parque — jogo que garantiu o título do Brasileirão de forma antecipada ao Palmeiras.

A seleção brasileira também está de olho no atacante, com quem o técnico Ramon Menezes espera contar no Mundial Sub-20, que será disputado em maio e junho.

Endrick não foi liberado pelo Palmeiras para a disputa do Sul-Americano Sub-20 na Colômbia, do qual o Brasil foi campeão, em fevereiro.

Disney, broncas e elogios: veja o que Abel já falou sobre Endrick em entrevistas

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.