Campeonato Paulista No ABC, Santo André e Ituano não saem do 0 a 0 pelo Paulistão

No ABC, Santo André e Ituano não saem do 0 a 0 pelo Paulistão

Duelo pela décima rodada do campeonato estadual terminou sem gols, mas com 30 faltas e seis cartões amarelos

Jogo no Bruno José Daniel foi marcado por faltas e algumas jogadas mais duras

Jogo no Bruno José Daniel foi marcado por faltas e algumas jogadas mais duras

Fernando Roberto Teixeira/Ituano FC

Em duelo com 30 faltas e nenhum gol, Santo André e Ituano não conseguiram tirar o zero do placar nos 90 minutos de jogo no estádio Bruno José Daniel, na noite deste sábado (5), pela décima rodada do Paulistão 2022.

Com o resultado, o Ramalhão - que vinha de vitória por 3 a 2 sobre o Guarani – segue na vice-liderança no Grupo D, agora com 11 pontos. O time segue à frente do Santos, que soma 10 e teve seu jogo contra a Ferroviária adiado devido à falta de energia em Araraquara.

Já o Galo de Itu - que ganhou da Ferroviária por 3 a 1 na rodada passada – deixou a lanterna do Grupo C, agora com os mesmos 15 pontos do Botafogo-SP. A chave é a mais equilibrada do estadual e conta ainda com Mirassol (16) e Palmeiras (17). Os três times jogam neste domingo (6) e, como só os dois mlehores avançam, uma vaga parece cada vez mais distante do Ituano.

"Ainda temos dois jogos para buscar a vaga e, amanhã (domingo), vamos secar o Mirassol e Botafogo. Vamos acreditar", disse, ao final do jogo, o experiente (e confiante) Gerson Magrão.

O confronto deste sábado foi marcado por algumas jogadas mais duras. Nem bem começou a partida e o Ituano perdeu um de seus principais jogadores. Aos 4 minutos, o atacante Neto Berola foi parado com falta e não conseguiu continuar na partida. Calyson entrou em campo.

E foi do substituto que saiu uma boa chance para os visitantes, aos 21’. Rafael Elias ganhou na corrida, ajeitou e bateu forte no chão. O goleiro Jefferson Paulino deu rebote, Calyson finalizou e o goleiro desviou para escanteio.

Rafael Elias também teve outras duas chances de abrir o placar, mas não converteu. “Uma o goleiro foi muito bem. Na outra fui travado no momento do chute. Vamos melhorar no segundo para vencer”, disse, na saída para o intervalo.

O segundo tempo começou como o primeiro: faltas atrás de faltas. Com 20 minutos, o técnico Mazola Júnior promoveu duas substituições ofensivas. Sacou Rafael Elias e Igor Henrique, promovendo as entradas de Iago Telles e Aylon.

Chance clara veio aos 30 minutos, mas foi do Santo André. O goleiro Pegorari salvou o Ituano em finalização cara a cara. Assim, os minutos finais seguiram a tônica de todo o confronto: muitas faltas, jogo concentrado no meio-campo e raras chances claras de gol.

Se o placar do duelo foi baixo, no confronto de faltas o Ituano levou de goleada. Foram 22 dos visitantes contra 8 do time do ABC, mandante na partida. Chutes com direção ao gol, apenas 7, sendo 4 para o Ramalhão.

Próximos jogos
Daqui uma semana, na penúltima rodada do Paulistão, o Santo André vai até Diadema encarar o Água Santa. O jogo está marcado para o sábado (12), às 15h. Um dia depois, o Ituano volta ao Novelli Júnior, em Itu, onde recebe o RB Bragantino, às 20h30.


FICHA TÉCNICA
Santo André 0 x 0 Ituano
Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Data e hora: sábado (05/03), às 20h30
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Rafael Tadeu Alves de Souza e Robson Ferreira Oliveira

Cartões amarelos: Luiz Gustavo, Serginho e Jeferson (Santo André); Lucas Siqueira, Cleberson e Iago Telles (Ituano)

SANTO ANDRÉ: Jefferson Paulino; Jeferson, Luiz Gustavo, Carlão e Kevin (Tallyson); Serginho (Gustavo Nescau), Dudu Vieira, Thiaguinho (Jatobá) e Lucas Lourenço (Bruno Xavier); Todinho e Lucas Tocantins (Rochinha). Técnico: Thiago Carpini

ITUANO: Pegorari; Pacheco, Léo Santos, Cleberson e Roberto; Rafael Pereira (Jimenez), Kaio, Lucas Siqueira (Gerson Magrão) e Igor Henrique (Iago Telles); Rafael Elias (Aylon) e Neto Berola (Calyson). Técnico: Mazola Júnior

Últimas