Campeonato Paulista Incerteza com técnico e Série B: Santos se prepara para 2024 de reconstrução

Incerteza com técnico e Série B: Santos se prepara para 2024 de reconstrução

Após estar apalavrado, Carpini recua e deixa Peixe 'a ver navios' em início da era Marcelo Teixeira

Primeira opção do Peixe, Carpini segue no Juventude

Primeira opção do Peixe, Carpini segue no Juventude

Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude

Com a recusa de Thiago Carpini aos 45 do segundo tempo, o Santos começa a provar das incertezas que o aguardam para a temporada 2024. Marcelo Fernandes, presidente eleito para substituir Andres Rueda, ainda busca um técnico que assuma o papel de alicerce para a reestruturação do alvinegro praiano.

Sem poder contar com Carpini, agora em conversas com o Cruzeiro, o Santos faz contato com Fábio Carille, que treinou o clube em 2022. Também estão sendo estudadas a participação do veterano Elano, integrante do time bicampeão brasileiro pelo Peixe, como coordenador técnico e a manutenção de Marcelo Fernandes na comissão fixa.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O jovem treinador do Juventude já havia se reunido com o atual mandatário do Peixe e Alexandre Gallo, diretor de futebol, e acertado um acordo de dois anos de duração. Contudo, logo no dia seguinte, Carpini recebeu ligações por parte do clube da Baixada Santista informando de que algumas bases preestabelecidas haviam sido alteradas.

Não sentindo firmeza junto ao departamento de futebol e levando em consideração a alta rotatividade de treinadores que passaram pelo clube que revelou Pelé (11 nos últimos três anos), Carpini recuou no acerto e se afastou da Vila Belmiro. 

Tido como segunda opção, mas muito bem cotado internamente após ajudar o Santos a escapar da degola em 2022, Fábio Carille está em tratativas com o clube, mas o acerto é considerado distante por parte do staff do técnico.

Com orçamento reduzido para 2024 e jogando apenas o campeonato Paulista e a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, a gestão de Marcelo Teixeira terá um longo caminho pela frente para reerguer o Peixe. 

Santos é rebaixado um ano após morte de Pelé em meio a lágrimas e quebradeira

Últimas