Campeonato Carioca Thiago Rodrigues ainda sente a derrota no clássico: 'Doeu demais'

Thiago Rodrigues ainda sente a derrota no clássico: 'Doeu demais'

Goleiro cruzmaltino falou sobre a partida contra o Botafogo e como tem sido sua adaptação ao Rio de Janeiro

Goleiro Cruzmaltino, Thiago Rodrigues, na coletiva de imprensa em sua apresentação

Goleiro Cruzmaltino, Thiago Rodrigues, na coletiva de imprensa em sua apresentação

Rafael Ribeiro/Vasco

A derrota no clássico contra o Botafogo por 1 a 0, no último domingo (13), fez com que o Vasco perdesse a invencibilidade na temporada. Mais de 48 horas depois, o duelo contra o rival ainda é assunto no clube. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (15), no CT Moacyr Barbosa, o goleiro Thiago Rodrigues comentou sobre o duelo, ainda vivo na memória.

"Perder é ruim demais, me cobro muito. No vestiário também às vezes passamos do ponto, ainda mais em clássico. É aquela frase de que clássico não se joga, se ganha. Doeu demais, mas temos que entender que é o começo. Perder não é terra arrasada, o equilíbrio que faz um grande time e com esses percalços vamos criando uma grande equipe", disse.

Apesar de assumir que o resultado ainda dói, o arqueiro garantiu que não vai atrapalhar a sequência do trabalho.

"É um novo começo, sempre bom dizer isso. O Vasco tem tido essa nova fase vencedora, começamos fazendo um ótimo estadual. Temos feito grandes jogos, independentemente da derrota no jogo passado. Podemos evoluir muito e estamos felizes com esse início", completou.

Adaptação ao Rio

Contratado após disputar a última Série B do Brasileiro pelo CSA, de Alagoas, Thiago foi questionado sobre como tem sido sua adaptação em terras cariocas.

"Tem sido boa. O Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa, tem seu charme. O Rio é configurado por essas montanhas. O clube aqui facilita o dia a dia, tem dado tranquilidade e conforto. E consequentemente estamos tendo retorno em campo. Espero estar cada vez mais por dentro com o passar dos dias", disse.

O próximo jogo do Vasco será na quinta-feira (17), contra o Bangu do "Maestro" Felipe Loureiro, às 20h30, em São Januário.

Últimas