Campeonato Carioca Ricardinho, do Botafogo, contesta possível pênalti sofrido por Ronald

Ricardinho, do Botafogo, contesta possível pênalti sofrido por Ronald

Meio-campista ficou na bronca com lance envolvendo o atacante em disputa com Galarza dentro da área no segundo tempo 

Lance
Ricardinho reclamou um pênalti em cima de Ronald após o final do jogo

Ricardinho reclamou um pênalti em cima de Ronald após o final do jogo

Lance

O Botafogo foi derrotado pelo Vasco no primeiro jogo da final da Taça Rio. Neste domingo, o Alvinegro pouco criou e foi superado após uma falha individual de Sousa e gol de Germán Cano.

Após o duelo, Ricardinho afirmou que a partida, truncada, se desenrolaria a um possível empate se não fosse o erro individual. O camisa 8 também ressaltou que o Alvinegro tem condições de reverter o placar no próximo domingo, no jogo da volta que será realizado em São Januário

- Quase sempre alguém tem que errar para o outro sair vitorioso, se não terminaria empatado. É continuar com a cabeça erguida, trabalhar ainda mais forte essa semana. Nós temos totais condições de ir em São Januário e conseguir essa vitória. É continuar firme e ter a cabeça boa para reverter esse placar - afirmou, em entrevista à "BotafogoTV".

Um lance polêmico marcou a partida. No segundo tempo, Galarza derrubou Ronald após disputa dentro da área. Os jogadores do Botafogo reclamaram de pênalti, mas nada foi marcado. Ricardinho também ficou na bronca.

- Da onde eu estava eu achei que ele tomou uma pancada na perna, só que o bandeirinha que estava mais próximo talvez pudesse ter ajudado o árbitro, estava em uma posição melhor. É aquela situação, se é fora da área ele daria a falta, mas dentro da área deixou de dar, prejudicou a gente. Vamos continuar trabalhando para reverter o placar - ressaltou.

Botafogo x Vasco: veja melhores fotos do 1º jogo da final da Taça Rio

Últimas