Campeonato Carioca André, do Flu, minimiza falta de gols: 'O que conta é a vitória'

André, do Flu, minimiza falta de gols: 'O que conta é a vitória'

Líder do Carioca, Tricolor ainda não venceu por mais de dois gols de diferença na temporada; dos seis triunfos, cinco foram por 1 a 0

André, de 20 anos, em atividade no CT Carlos Castilho

André, de 20 anos, em atividade no CT Carlos Castilho

Lucas Merçon/Fluminense FC

Com o gol que garantiu a vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Nova Iguaçu e o prêmio de craque da última partida, o volante André, de 20 anos, concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (18), no CT Carlos Castilho.

Faltando quatro dias para a estreia da Libertadores, diante do Millonarios, da Colômbia, o Tricolor vive uma situação atípica. Em sete partidas no Cariocão, o Flu venceu seis, sendo cinco pelo placar de 1 a 0.

O técnico Abel Braga e os jogadores entendem que precisam fazer mais gols, mas vibram pelos três pontos do mesmo jeito.

“Estamos ganhando com o placar mínimo, mas creio que nosso time está desempenhando um bom futebol. Estamos buscando evoluir a cada jogo. Nos últimos jogos conseguimos criar, e o que está faltando mesmo é a bola entrar. Estamos em constante evolução comparado ao primeiro jogo”, disse André.

“Estamos jogando com um esquema novo, estamos saindo muito bem, criando mais, mas o que falta mesmo é a bola entrar. É questão de treinamento que, com os jogos, a gente vai passar a fazer mais gols. O que conta mesmo é a vitória. A de 1 a 0 e 4 a 0 é a mesma de três pontos”, concluiu.

A única vitória no ano com o placar diferente de 1 a 0 foi no clássico contra o Botafogo, por 2 a 1. Mesmo não vencendo pelo placar mínimo, o Fluminense ainda não conseguiu uma vitória por dois gols de diferença.

Apesar das atenções estarem voltadas para a Libertadores, o Tricolor ainda tem um desafio pelo Carioca. Neste sábado (19), o Fluzão encara o Volta Redonda, às 19h, no Estádio Luso-Brasileiro. Líder com 18 pontos, a semifinal está cada vez mais perto.

Últimas