Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

A três rodadas do fim, conheça os caminhos das equipes que brigam pelo G-4 da Série B do Brasileiro

Oito equipes brigam por três vagas restantes; confrontos diretos reservam pitadas extras de emoção na reta final do torneio

Futebol|Do Live Futebol BR

Troféu da Série B 2022 já pertence ao Cruzeiro
Troféu da Série B 2022 já pertence ao Cruzeiro Troféu da Série B 2022 já pertence ao Cruzeiro

A Série B do Campeonato Brasileiro caminha para o final e a briga pelo acesso apertou nas últimas três rodadas. Tendo o Cruzeiro como grande campeão da temporada, a competição conta com oito equipes em disputa pelas três vagas que estão abertas no G-4.

Do vice-líder ao nono colocado, a tabela de classificação apresenta forte briga entre Grêmio, Bahia, Vasco, Sport, Sampaio Corrêa, Criciúma, Ituano e Londrina, seguindo exatamente essa ordem de colocação na competição. 

A reta final da Série B separa duelos equilibrados e considerados confrontos diretos por uma vaga. A distância do Grêmio, segundo colocado, com 58 pontos, é de apenas cinco em relação ao Sport, primeira equipe fora do G-4. Assim, o cenário está traçado. As equipes no pelotão principal dependem apenas de suas próprias forças, mas estão vendo uma tabela difícil. 

Leia também

O Grêmio tem a reta final mais acessível dentro do cenário atual do torneio. Na 36ª rodada, no próximo domingo (23), o Imortal visita o lanterna e virtualmente rebaixado Náutico, e encerra a temporada contra Tombense, equipe já sem pretensões, também fora de casa, e Brusque, outro provável rebaixado, em Porto Alegre.

Publicidade

Já o Bahia, que vem logo atrás, com 57 pontos, também não tem um caminho dos mais complicados. Mesmo em queda brusca e momentos de tensão nas últimas rodadas, o Esquadrão jogará contra Vila Nova e Guarani na Arena Fonte Nova, e fechará 2022 contra o CRB, no Rei Pelé. Os três rivais não almejam mais nada na temporada.

Fechando o G-4, aparece o Vasco, com 56 pontos, que tem três confrontos diretos e a sequência mais difícil de todas. O Cruzmaltino jogará contra Criciúma e Sampaio Corrêa, 7º e 6º colocados, ambos os jogos em São Januário, e vai visitar o Ituano na 38ª rodada. Um tropeço nos dois primeiros duelos pode complicar a missão do acesso.

Publicidade

O Sport, que vive fase turbulenta e carregando punição na Ilha do Retiro, soma 53 e abre sua tarefa contra o Londrina, fora de casa, e em duelo importante, e vai finalizar sua campanha na Série B contra o Operário, em Pernambuco, e Vila Nova, em Goiânia — a partida com mando de campo está sob análise, mas tudo indica que o Rubro-Negro não contará com sua torcida.

Do Maranhão, o Sampaio Corrêa, com 52 pontos, se prepara também de olho em três confrontos diretos. A Bolívia Querida, além da visita ao Vasco, jogará em Itu contra o Ituano e voltará ao Castelão para, diante do seu torcedor, finalizar a boa trajetória diante do Londrina, outro rival direto.

Publicidade

Na sétima posição na tabela aparece o Criciúma, uma das grandes surpresas desta edição, também com 52 pontos. O Tigre, motivado em meio à campanha de sucesso, além de ter o duelo com o Vasco, no próximo sábado (22), irá ao Moisés Lucarelli, em Campinas, para medir forças com a Ponte Preta, e voltará ao Heriberto Hülse para encerrar a Série B contra o Tombense.

Quem também aparece na briga pelo G-4 é o Ituano, em oitavo, com 51 pontos. Com caminhada constante, o Galo é outra equipe com três adversários diretos. Além dos jogos contra Sampaio Corrêa e Vasco, os dois dentro de casa, a equipe ainda vai ao Estádio do Café para, quem sabe, levar esperanças para a última rodada (contra os cariocas, em Itu).

Fechando a lista dos postulantes ao acesso, o Londrina, hoje nono colocado, mas que por muito tempo foi a grande pedra no sapato de muitos times por conta de sua proximidade do G-4, tem 50 pontos e tentará surpreender nos duelos com Sport, Ituano e Londrina.

A última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro está marcada para o dia 6 de novembro, com todos os jogos, a princípio, tendo início às 18h30 (horário de Brasília). O Cruzeiro já é o campeão da competição.

Bola de Ouro e The Best: ganhadores jamais conquistaram Copa após prêmio

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.