Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Juíza de Barcelona impede que psicóloga contratada por Daniel Alves examine vítima

O jogador também pediu para fazer um novo depoimento, que será realizado na próxima segunda-feira (17), no TSJ da Catalunha

Fora de Jogo|Do R7


Suposto estupro cometido por Daniel Alves teria acontecido na boate de luxo Sutton, em Barcelona
Suposto estupro cometido por Daniel Alves teria acontecido na boate de luxo Sutton, em Barcelona

A titular do Juizado de Instrução Número 15 de Barcelona rejeitou um pedido da defesa de Daniel Alves para que uma psicóloga contratada pelo jogador examinasse a vítima. A jovem, de 23 anos, que acusa o brasileiro de estupro havia se recusado a passar pelo procedimento em março. As informações são do jornal espanhol As.

Cristóball Martell, advogado do lateral-direito, apostou no recurso para que a especialista analisasse se a história e os sintomas relatados pela vítima são compatíveis com uma agressão sexual. A defesa também solicitou que o exame fosse gravado e acredita que a mulher que acusa Daniel Alves sofre de uma “distorção narrativa”.

O Ministério Público considerou o pedido de gravação como inusitado na esfera criminal, assim como a advogada da denunciante, Ester García. Em um primeiro momento, a juiza de instrução acatou o pedido, mas acabou indeferindo.

Após a promotoria ter recusado a participação da psicóloga no processo, e a juiza responsável pelo caso ter rejeitado a alternativa apresentada pela equipe do atleta, foi decidido que a jovem de 23 anos será atendida apenas por um profissional do IMLC (Instituto de Medicina Legal).

Publicidade

Preso desde 20 de janeiro sob a acusação de estupro, Daniel Alves recebeu a visita da mãe, Lúcia Alves, pela primeira vez no presídio. Depois do encontro, o brasileiro decidiu marcar um novo depoimento, que acontecerá na segunda-feira (17) no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha.

O atleta já apresentou três versões sobre o caso, mas, como é previsto pela lei criminal espanhola, o acusado pode solicitar quantas vezes quiser novas sessões de depoimentos. A defesa do jogador também pediu a liberdade provisória do brasileiro, que foi recusada.

Salário de Daniel Alves poderia resolver um problema que dura oito anos no São Paulo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.