Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Massa diz que prazo dado à FIA e à F1 para resposta sobre Mundial não vai ser estendido

Ex-piloto alega que perdeu o título de 2008 após um acerto da equipe de Nelsinho Piquet e Fernando Alonso

Automobilismo|Do R7

A Fórmula 1 e a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) não vão ter o prazo para responder à ameaça de ação judicial sobre o Campeonato Mundial de 2008estendido, disse o brasileiro Felipe Massa em entrevista dada à Reuters na quinta-feira (02).

Na conversa, que ocorreu antes do Grande Prêmio de São Paulo deste final de semana, o ex-piloto da Ferrari disse que aguarda receber uma posição de ambas as partes até 15 de novembro e espera ter "a resposta que a gente quer e que é a correta: o reconhecimento do título de 2008".

Foi estabelecido um prazo até meados de outubro para a resposta a uma carta de reclamação de 15 de agosto, mas a FIA e a F1 solicitaram uma prorrogação até 15 de novembro para concluir uma investigação interna, segundo os advogados de Massa. Esse foi o segundo adiamento concedido por sua equipe jurídica.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

"A gente está esperando essa resposta para tomar a decisão se realmente o caso vai ter que ser decidido na corte", disse Massa, de 42 anos. "Logicamente não tem mais pedidos daqui para frente. Daqui para frente não existe mais 'ah, me dá mais um mês', ou o que seja. Aí chega ao limite e uma decisão tem que ser tomada."

O britânico Lewis Hamilton ganhou o título de 2008, o primeiro dos sete conquistados na carreira, por um único ponto de diferença em relação ao brasileiro.

Publicidade

O pedido de Massa se baseai em uma revelação de 2009 feita pelo piloto da Renault, Nelsinho Piquet, que contou ter sido instruído a bater deliberadamente no Grande Prêmio de Cingapura para beneficiar o então companheiro de equipe, Fernando Alonso.

Massa, que deixou a F1 em 2017, liderava em Cingapura quando Neilsinho bateu no muro na 14ª volta da corrida de 61 voltas, provocando um período de safety car – quando os pilotos seguem andando na pista normalmente, mas em uma velocidade reduzida.

ACOBERTAMENTO

Massa agora diz que a corrida deveria ter sido cancelada porque os dirigentes do esporte supostamente sabiam antes do final da temporada o que havia acontecido, mas encobriram o fato.

Duas das principais figuras daquela época, o ex-diretor de corridas da FIA, Charlie Whiting, e o então presidente da FIA, Max Mosley, morreram. O ex-superintendente da F1, Bernie Ecclestone, tem 93 anos.

Massa acredita que o fato de a FIA e a Fórmula 1 terem solicitado várias prorrogações de prazo significa que estavam levando suas ações a sério.

O presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, que assumiu o cargo no final de 2021, disse à Reuters no mês passado que o piloto brasileiro havia entrado em contato e estava deixando o assunto com a equipe jurídica da FIA.

"Respondi a ele dizendo: 'Depende de você, faça o que achar que é certo para você, mas a FIA terá que se proteger'", disse Sulayem.

Massa confirmou que enviou uma mensagem, mas contou que nunca recebeu resposta de Ben Sulayem.

"Eu acredito que a FIA deva proteger o esporte, e não se proteger. Na minha opinião, é proteger o esporte. O que eu acredito que seja o correto é pensar na proteção do esporte, que é o que não aconteceu há 15 anos atrás", acrescentou.

Ele disse ainda que espera o apoio da Ferrari. 

"Eu conheço muita gente lá dentro (da Ferrari) -- todos os mecânicos, todos os engenheiros, todos os fãs da Ferrari estão do meu lado. Não tem motivo nenhum de a Ferrari não estar do meu lado. Neste momento ainda não aconteceu esse apoio, mas eu realmente acredito e espero que eu tenha esse apoio."

Entenda o pedido de Massa para ser reconhecido como campeão da Fórmula 1 de 2008

" gallery_id="65048485ca9084d0cd0009d0" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/automobilismo/massa-diz-que-prazo-dado-a-fia-e-a-f1-para-resposta-sobre-mundial-de-2008-e-o-ultimo-03112023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.