Cosme Rímoli Willian não exige dinheiro na rescisão do Arsenal. Ganhará a camisa 10 do Corinthians

Willian não exige dinheiro na rescisão do Arsenal. Ganhará a camisa 10 do Corinthians

O jogador segue o roteiro prévio. Hoje se livrou do Arsenal. Não exigiu dinheiro, só a rescisão imediata. Sem querer, já 'tomou' a camisa 10 corintiana, que seria de Roger Guedes

  • Cosme Rímoli | Do R7

Surpreendeu a imprensa inglesa. Não exigiu dinheiro algum. Só sair imediatamente do Arsenal

Surpreendeu a imprensa inglesa. Não exigiu dinheiro algum. Só sair imediatamente do Arsenal

Arsenal

São Paulo, Brasil

O enredo está sendo seguido à risca.

Willian rescindiu hoje com o Arsenal.

De acordo com a surpresa imprensa inglesa, não exigiu nada. 

Apenas a liberação imediata.

Sem compensação financeira.

E foi o que aconteceu.

O meia, que já está apalavrado com o Corinthians, conseguiu a rescisão amigável.

E como jogador sem vínculo pode ser inscrito até o dia 24 de setembro. Se mantivesse vínculo com algum clube europeu, teria assinar contrato hoje.

Seu número já estaria até definido.

Ele 'tomou' a camisa 10, que seria de Roger Guedes, que atuará com a 9.

Por isso, o ex-jogador do Palmeiras foi apresentado com uma camisa sem número.

A expectativa é que Willian esteja no Brasil entre amanhã e quarta-feira.

Entre luvas e salários, ele ganhará R$ 1,5 milhão por mês. E, aos 33 anos, assinará contrato até o final de 2023.

A folha salarial do Corinthians é de R$ 11 milhões. Subirá para R$ 12,5 milhões.

O clube deve mais de R$ 1 bilhão.

Voltará ao clube depois de 14 anos na Europa.

Sua esperança é grande de retorno à Seleção Brasileira.

Desde 2019, Tite não o convoca mais.

Campeã em Tóquio 2020 diz que medalha de ouro está descascando

Últimas