Cosme Rímoli Willian impedido de estrear no Corinthians. Andreas Pereira, do Fla, pode ser processado. Anvisa em ação

Willian impedido de estrear no Corinthians. Andreas Pereira, do Fla, pode ser processado. Anvisa em ação

Willian foi tirado da partida contra o Atlético Goianiense. Depois de 11 dias no Brasil foi cobrado pela Anvisa da quarentena, por ter vindo da Inglaterra. Andreas Pereira, depois de 23 dias, no Flamengo, também

  • Cosme Rímoli | Do R7

Anvisa leva 11 dias para avisar que Willian tem de fazer quarentena. Não estreará hoje

Anvisa leva 11 dias para avisar que Willian tem de fazer quarentena. Não estreará hoje

Corinthians

São Paulo, Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária descobriu no futebol um meio de propagar a importância da quarentena de quem passa pelo Reino Unido.

Mas o órgão público precisa apurar a maneira com que está trabalhando.

Depois do caos, do vexame mundial, no domingo passado, com agentes da Anvisa e da Polícia Federal invadirem o gramado do estádio do Corinthians para impedir que a Seleção Brasileira seguisse jogando contra a Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, pela falta de quarentena de Martínez, Lo Celso e Romero, o sábado foi dia de outras duas intervenções.

E nos clubes mais populares do Brasil.

Depois de 11 dias que Willian desembarcou no país, participou da festa de 111 anos do Corinthians, foi capa de todos os portais, personagem central de jornais de esporte na tevê, treinou com os companheiros de equipe, viajou de São Paulo para Goiânia, uma agente da Anvisa foi no hotel do clube.

E avisou que ele poderia até ser preso se jogasse hoje, contra o Atlético Goianiense, na sua programada reestreia com a camisa corintiana.

O motivo, não cumpriu a quarentena de 14 dias, por ter vindo da Inglaterra.

Como ninguém da Anvisa avisou da quarentena de Willian antes? Tudo acontece na véspera do jogo? E causa mais críticas à lentidão da agência, que permitiu que o jogador tivesse contato com centenas de pessoas, para tomar uma atitude.

Tudo fica ainda mais constrangedor em relação a Andreas Pereira. O Flamengo foi avisado ontem que ele também não cumpriu quarentena vindo da Inglaterra. E que ele não pode jogar hoje contra o Palmeiras.

Andreas Pereira marcou até gol contra o Santos. Já está no Brasil há 23 dias

Andreas Pereira marcou até gol contra o Santos. Já está no Brasil há 23 dias

Flamengo

Só que Andreas Pereira foi apresentado, treinou, jogou contra o Santos, marcou gol. Voltou a treinar. Se passaram 23 dias que ele desembarcou no Brasil. Um atraso inacreditável para o pedido de quarentena.

O Flamengo avisa que vai colocá-lo para jogar, porque já se passaram os 14 dias que ele deveria ter ficado em quarentena. A Anvisa detalha que o atleta pode sofrer processo civil e penal por não ter cumprido o período de afastamento social.

A Anvisa avisa que a falha com Willian foi a vigilância sanitária de São Paulo. E com Andreas Pereira, a vigilância sanitária do Rio de Janeiro.

O Corinthians já retirou Willian da partida contra o Atlético Goianiense.

O Flamengo segue garantindo que Andreas Pereira enfrentará o Palmeiras.

As situações merecem críticas.

Primeiro, pela falta de quarentena de Willian e de Andreas Pereira.

Do Corinthians e do Flamengo, que deveriam ter checado a condição de jogo da dupla.

E, principalmente, a postura inacreditável da Anvisa, diante de dois atletas que atuam nos clubes mais populares do Brasil.

O exemplo que fica é muito ruim.

Em vez de firmeza, prevalece a lentidão do órgão público...

Últimas