Cosme Rímoli Torcida organizada invade o Vasco. E Sá Pinto pode ir embora

Torcida organizada invade o Vasco. E Sá Pinto pode ir embora

Chefes da Organizada Ira Jovem tiveram acesso ao treinamento do Vasco. Cobraram e pressionaram jogadores pelo time estar na zona do rebaixamento

  • Cosme Rímoli | Do R7

O técnico português Sá Pinto tenta convencer que tem um 'grupo fantástico'

O técnico português Sá Pinto tenta convencer que tem um 'grupo fantástico'

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Como é de costume, o final do ano reserva emoções no Brasil.

Natal, Reveillón.

E invasão de torcidas organizadas a treinos, quando os clubes estão claudicando, quando estão ameaçados de rebaixamento.

Hoje, a 'visita surpresa' foi no Vasco da Gama.

Com toda facilidade, líderes da Torcida Organizada Ira Jovem Vasco, pararam o treinamento para cobrar o técnico português Sá Pinto, o capitão Leandro Castan e o atacante Talles Magno.

O treinador português se deu ao trabalho de explicar que tem um 'grupo fantástico'. E se não 'tiver condições' será o primeiro a 'ir embora'.

Sá Pinto chegou ao absurdo de jurar pela 'sua felicidade' que tudo melhorará no Vasco da Gama.

"Pela minha felicidade e digo de coração: não vejo essa gente a facilitar em nada. Durante a semana no trabalho, na alimentação, no descanso e na vida privada. Tenho um grupo fantástico."

"Eu sou o máximo responsável."

"Quando eu não tiver condições, sou o primeiro a ir embora. A gente tem condições. Calma, calma, calma. Há um conjunto de fatores que não tem sido favorável a nós. Muitos jogos que a gente não tem ganho demos muito azar, foram em detalhes. Tem a ver com coisas do jogo", disse, em tom desesperado, o treinador.

Os jogadores ouviram as cobranças por mais aplicação, determinação, vontade. E cobrou Talles Magno por pegar covid duas vezes, como se ele não tivesse cuidado.

O clima foi de absoluto constrangimento.

A diretoria, depois da invasão, divulgou uma nota oficial.

"Nesta quinta-feira (10/12), integrantes de uma torcida organizada invadiram o CT do Almirante durante o treinamento do time profissional. O Club de Regatas Vasco da Gama compreende a insatisfação de seus torcedores e entende que os resultados em campo estão aquém do esperado, mas é absolutamente injustificável que jogadores e comissão técnica sejam ameaçados e intimidados em seu local de trabalho."

"O futebol brasileiro já deu inequívocas provas de que este tipo de ação, além de ilegal, não surte qualquer efeito prático positivo. Providências já foram tomadas para que episódios como o desta quinta não voltem a se repetir. O Vasco reafirma que atletas, comissão técnica e diretoria estão comprometidos e empenhados em reverter a situação no Campeonato Brasileiro."

Sá Pinto e seus jogadores ficaram acuados. Cobranças fortes, irritadas dos torcedores

Sá Pinto e seus jogadores ficaram acuados. Cobranças fortes, irritadas dos torcedores

Reprodução/Instagram

Enquanto isso, a torcida Ira Jovem deu sua versão.

"Apoiamos, avisamos e cobramos. Vocês não nos deram ouvidos e fugiram do maior patrimônio, que somos nós, a torcida. Hoje, fizemos uma visita surpresa no Ct. Galinha de casa não se corre atrás."

"A diretoria da Torcida Organizada Ira Jovem Vasco, vem por meio desta mostrar total comprometimento com a instituição Club De Regatas Vasco Da Gama e externa todo seu descontentamento com a atual fase vivida e com o péssimo rendimento e comprometimento de jogadores e comissão técnica com a instituição."

"Não aceitaremos outro resultado do que a vitória contra o fluminenc. Exigimos uma recuperação imediata no campeonato e não aceitaremos mais esta zona. A IRA da torcida se dá pela DISPOSIÇÃO dos seus componentes."

"Pelo Vasco, para o Vasco e com o Vasco!"

O treinador português está muito revoltado com a situação.

Não será surpresa se Sá Pinto pedir demissão.

O Vasco está na zona do rebaixamento.

E enfrentará, no domingo, o Fluminense.

Clássico que a torcida já avisou.

Não aceita a derrota de jeito algum.

Ou haverá novas 'visitas supresas'...

Neymar no Barça? Mbappé no Real? PSG dribla assédio por suas estrelas

Últimas