Cosme Rímoli Tiago Nunes demitido. Felipão é o sonho do Corinthians

Tiago Nunes demitido. Felipão é o sonho do Corinthians

Andrés Sanchez percebeu que Tiago Nunes perdeu o comando dos jogadores. O mandou embora. E vai buscar outro perfil de técnico. Felipão na mira

  • Cosme Rímoli | Do R7

São Paulo, Brasil

Tiago Nunes não é mais técnico do Corinthians.

Foi sumariamente demitido por Andrés Sanchez.

Ele se recusava a pedir para ir embora.

O presidente corintiano e seu candidato à sucessão, Duílio Monteiro Alves, eram os únicos defensores da permanência do treinador.

O presidente repetia que manteria o técnico até o final de seu contrato, em dezembro.

Só deixou uma brecha que poderia custar o emprego de Nunes.

Ele perder o comando dos jogadores corintianos.

E Andrés percebeu, no vestiário do time, nesta madrugada, após a dolorida derrota para o rival Palmeiras, por 2 a 0, o distanciamento dos atletas do técnico.

Durante o dia não houve qualquer manifestação dos jogadores pela permanência de Tiago Nunes.

Pelo contrário, até.

O silêncio foi revelador.

O Corinthians é um clube que ainda mantém como característica essa ligação umbilical entre jogadores e técnico.

Foi assim com Tite, com Carille, na sua primeira passagem.

Quem se coloca distante, não socializa, 'ganha o grupo', costuma ter vida curta.

Cristóvão Borges, Oswaldo de Oliveira, Osmar Loss, Jair Ventura.

E Fabio Carille, na sua arrogante segunda passagem pelo clube, sentiram na pele e dentro do gramado, quando não há sintonia.

Não que os jogadores sabotem, mas o ambiente fica pesado para trabalhar, quando não há cumplicidade.

Tiago Nunes errou feio ao chegar.

Tiago Nunes impôs regras do autoritário Athletico. Conseguiu se isolar dos jogadores

Tiago Nunes impôs regras do autoritário Athletico. Conseguiu se isolar dos jogadores

Corinthians

Ele trouxe regras para o dia-a-dia do Corinthians do clube mais autoritário do país: o Athletico Paranaense.

Lá, a hierarquia se impõe de forma brutal.

Os jogadores do Corinthians tiveram de respeitar rigidamente o horário das refeições, visitas de familiares e parentes foram proibidas no Centro de Treinamento.

Só na véspera da partida, os atletas relacionados são avisados. O que impede, aos que não são, de viajar, programa suas vidas familiares.

Atletas passaram a treinar nos dias de partidas, sendo impedidos de dormir até mais tarde, como era normal.

Além disso, o treinador deixava claro que precisava de reforços.

Desvalorizava os atletas que pertenciam ao Corinthians.

Embora desde janeiro no clube, Tiago Nunes seguia escalando várias equipes diferentes.

Não definiu sequer a maneira do time atuar.

Os jogadores ficavam irritados porque não há entrosamento, conjunto.

Tiago seguia com seu comportamento seco, distante.

Não é veemente na defesa de atletas que passam por fases ruins.

Como Luan.

Andrés Sanchez percebeu que Tiago Nunes perdeu o comando dos jogadores

Andrés Sanchez percebeu que Tiago Nunes perdeu o comando dos jogadores

Corinthians

Andrés resolveu dar um basta na situação.

Hoje à tarde se reuniu com o técnico.

O demitiu.

O ex-jogador Coelho será o treinador contra o Fluminense.

Andrés garantiu a conselheiros que contratará outro treinador o mais rápido possível.

Ele quer o Corinthians, no mínimo, classificado para a Libertadores.

Há um movimento no clube para a contratação de Felipão.

O treinador está sem trabalhar desde setembro do ano passado, quando foi demitido do Palmeiras.

Ele tem 71 anos.

Mas afirma, sempre que pode, que não está aposentado.

"Se pagar bem, eu treino. O Corinthians é um grande time. Por que eu não treinaria?" 2009...

"Se pagar bem, eu treino. O Corinthians é um grande time. Por que eu não treinaria?" 2009...

Grêmio

Felipão tem o perfil exatamente ao contrário de Tiago Nunes.

Ele agrupa os atletas.

Forma sua família.

O treinador é muito identificado com o Palmeiras.

Mas jamais disse que nunca trabalharia no Corinthians.

"Se pagar bem, eu treino. O Corinthians é um grande time. Por que eu não treinaria? A rivalidade é do torcedor, e não minha. Tenho ambiente muito bom também no Corinthians. Treinaria São Paulo, Taubaté, Juventus, Ituano do Juninho... Só o Chelsea está difícil", disse em 2009.

O casamento improvável pode acontecer.

Incendiaria o Parque São Jorge...

Fagner jogando vôlei? Palmeirenses zoam o Corinthians após vitória

Últimas