Cosme Rímoli Tardelli volta ao Santos: Menino, foi dispensado por 'atacar' Toddyinhos

Tardelli volta ao Santos: Menino, foi dispensado por 'atacar' Toddyinhos

O jogador de 36 anos é o grande reforço de Fernando Diniz para a sequência do Brasileiro. O jogador volta à Vila Belmiro depois de 21 anos. Foi dispensado por, com fome, pegar achocolatados na cozinha santista

  • Cosme Rímoli | Do R7

Tardelli foi grande personagem na conquista da Libertadores, pelo Atlético

Tardelli foi grande personagem na conquista da Libertadores, pelo Atlético

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

"Eu era da base do Santos.

Disputei Campeonato Paulista da mesma categoria de Diego e Robinho. Por coisa de moleque no alojamento, fui embora. No ano seguinte, já fui para o São Paulo. Quase fui um dos Meninos da Vila mesmo...

"A gente morava no alojamento, e uma galera entrou na cozinha.

"A gente estava com fome.

Invadimos a cozinha e pegamos 50 toddynhos. Dividimos em quatro cinco jogadores.

"No dia seguinte perceberam, lógico. E eu esqueci uma embalagem de toddynho embaixo da minha cama. Fui dispensado.  Foi só por causa disso. Coisa de moleque."

Ele foi dispensado, devolvido à Partner Football, empresa que agenciava garotos no Paraná, apesar de ter nascido em Santa Bárbara d'Oeste. Foi para o São Paulo e sua carreira como profissional chegou a 11 clubes diferentes. Mas ele jamais esqueceu a história dos toddynhos.

21 anos depois, a revanche.

O mesmo Santos que o dispensou, o contrata. Mesmo aos 36 anos e sem jogar desde fevereiro. Graças a uma sequência de contusões.

Diego Tardelli foi um pedido de Fernando Diniz.

O jogador de 36 anos se encaixa nos atletas buscados pelo clube que deve mais de R$ 600 milhões: atletas sem vínculo com os clubes. A necessidade é apenas de pagar salários.

Mais baixo do que recebia no Atlético Mineiro, R$ 500 mil. De a

Tardelli já deixou tudo apalavrado. O empresário Giuliano Bertolucci deixou tudo acertado com o presidente Andrés Rueda. Contrato até o final do ano. Com renovação encaminhada para o final do Campeonato Paulista.

Dispensado pelo Santos, Tardelli foi para o São Paulo. Era o início de uma carreira importante

Dispensado pelo Santos, Tardelli foi para o São Paulo. Era o início de uma carreira importante

São Paulo

Tardelli chama a atenção pela carreira marcada com muitas conquistas. Gols, assistências. Problemas disciplinares. E, recentemente, contusões.

Muito técnico, com ótima visão de jogo, quando estava no auge físico sempre foi um ótimo jogador. Tanto que chegou até a Seleção Brasileira. Venceu a Libertadores com o Atlético Mineiro, sendo destaque da equipe que tinha Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Jô.

É um contrato de risco para o Santos.

Tardelli só atuou 11 vezes e marcou dois gols, na última passagem pelo  Atlético Mineiro. Ficou quase um ano parado pela ruptura dos ligamentos do tornozelo direito. Sofreu uma delicada cirurgia.

Ele está recuperado, mas passará por detalhados exames médicos no Santos, antes de ser anunciado. O que deverá acontecer entre amanhã e terça-feira, caso não fique constatada nenhuma lesão.

Se tudo estiver bem e Tardelli com boas condições físicas será um grande reforço técnico.

Fernando Diniz já conversou com o jogador.

E ambos ficaram animados.

Tardelli teve chance até na Seleção. Chega com contrato de risco no Santos

Tardelli teve chance até na Seleção. Chega com contrato de risco no Santos

Rafael Ribeiro/CBF

O treinador apostando no reforço técnico para o limitado elenco que possui.

O quer como referência no ataque, ao lado de Marinho.

E Tardelli vendo o esforço do Santos em tê-lo de volta.

Volta com a certeza que será valorizado.

E poderá tomar quantos Toddynhos quiser...

Roger é demitido e já é oitavo técnico sem emprego no Brasileirão

Últimas