Cosme Rímoli Talento de Vanderlei e falta de dinheiro convencem Sampaoli

Talento de Vanderlei e falta de dinheiro convencem Sampaoli

O treinador está despertando para a realidade. É uma enorme bobagem fazer o Santos gastar o pouco dinheiro que tem para buscar um goleiro

Sampaoli, Vanderlei, goleiro, dinheiro, Santos

Vanderlei está cansado com desvalorização. Mas Sampaoli está acordando

Vanderlei está cansado com desvalorização. Mas Sampaoli está acordando

Santos/Divulgação

São Paulo, Brasil

"O Santos é um grande clube. Se quiser contratar goleiro, é normal.

Só fico meio chateado pela maneira como foi conduzido.

Acho que não foi conduzido da maneira mais correta. Mas tenho que trabalhar.

A gente é funcionário do clube e tem que tentar fazer o melhor.

Independentemente do que aconteça, tem que trabalhar e fazer o melhor com a camisa do Santos."

Declarou triste, Vanderlei, após o empate contra o Corinthians.

O Santos só não perdeu a partida graças ao goleiro.

Um dos tres melhores arqueiros do país.

Mesmo assim, Jorge Sampaoli quer outro para a posição, de qualquer maneira.

O que o Santos está fazendo com Vanderlei é revoltante.

"Precisamos de um goleiro que jogue muito bem com os pés. Vanderlei não podemos analisar jogando com os pés porque não o fez nos últimos anos", tentava justificar o treinador argentino.

"O Vanderlei é um dos melhores goleiros do Brasil. É o estilo de jogo que o Sampaoli gosta", disse, sem graça, o presidente José Carlos Peres, após o clássico.

Está claro que ele está acossado.

E não tem como dizer 'não' a Sampaoli.

Veja mais: Reforços, Vanderlei, Bruno Henrique e mais: Sampaoli analisa Santos

Conselheiros santistas não têm dúvida.

A estratégia do dirigente é inteligente.

Ele já abriu negociações com Martin Campaña, do Independiente.

A equipe argentina pediu 4 milhões de dólares, cerca de R$ 14,8 mihões.

Peres ofereceu cerca de 3 milhões de dólares, R$ 11,2 milhões, divididos em suaves parcelas. Seriam três anos até o goleiro ser pago.

Lógico que a proposta foi recusada.

Depois, Sampaoli teve ótimas informações sobre o goleiro do Ceará, Everson.

Emissários do clube paulista quiseram saber quanto o clube queria pelo jogador.

A diretoria nordestina se animou e pediu a multa rescisória.

R$ 6 milhões.

Veja mais: Corinthians empata com Santos e fica com troféu de partida amistosa

O goleiro passou até a treinar separado do restante do grupo.

O Santos ofereceu R$ 4 milhões e parcelados, de acordo com a imprensa de Fortaleza.

A diretoria do Ceará não aceitou.

A grande esperança de Peres é que o tempo passe.

E Sampaoli acorde.

Desperte para o excelente goleiro que o Santos tem.

O time precisa desesperadamente de um meia, um volante, um definidor.

O Santos tem gravíssimos problemas financeiros.

A situação está ficando insustentável.

Vanderlei se cansou desse inesperado desprezo.

Veja mais: Jogadores de Corinthians e Santos celebram a paz e almoçam juntos

Afinal, no ano passado o São Paulo tentou contratá-lo e o próprio Peres disse que ele era inegociável.

O novo gerente santista, Gabriel Andreata, indicado por Sampaoli, está tentando solucionar o entrave.

O clube deve mais de R$ 400 milhões e não pode desperdiçar dinheiro com um goleiro, tendo Vanderlei.

O treinador argentino está sendo vencido pelo cansaço.

Finalmente começa a ver o talento debaixo das traves de Vanderlei.

E a falta de dinheiro santista.

Mas exige uma compensação.

A vinda do volante Pablo Pérez, capitão do Boca Júniors.

Sampaoli precisa de um líder para o time.

E considera Pérez ideal.

O preço é 1,5 milhão de dólares, cerca de R$ 5,5 milhões.

COSME RÍMOLI: Torcida pressiona. E Corinthians declara guerra à Conmebol

A diretoria santista acredita que este é o caminho.

Gastar pouco.

Mas com um jogador que o time realmente precisa.

Não desperdiçar.

Tendo um excelente goleiro.

Não há lugar para capricho de técnico na Vila Belmiro...

Negócio fechado! Veja as contratações do mercado da bola