Cosme Rímoli STJD não adia jogo. A lei vale para todos. Até para o Flamengo

STJD não adia jogo. A lei vale para todos. Até para o Flamengo

O STJD negou o pedido de adiamento do Flamengo. A partida contra o Palmeiras está mantida no domingo. Apesar dos casos de covid na Gávea

  • Cosme Rímoli | Do R7

Palmeiras foi firme. CBF e STJD confirmaram o jogo de domingo. Lição para o Flamengo

Palmeiras foi firme. CBF e STJD confirmaram o jogo de domingo. Lição para o Flamengo

Palmeiras

São Paulo, Brasil

O Flamengo queria.

Mas não foi tratado de maneira especial.

A lei prevaleceu no STJD e não a política.

O fato de o clube carioca ser o de maior força no governo federal e o de maior torcida no país não pesaram desta vez.

Apesar de ter 16 jogadores infectados e o próprio técnico Domènec Torrent com coronavírus, a partida de domingo, contra o Palmeiras foi confirmado.

A CBF já havia negado o pedido de adiamento.

Mas a diretoria flamenguista tratou de entrar com pedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Alegava que só tinha dez jogadores em condições de jogar.

Mas é público que o clube tem 22 atletas, tirando os 16 infectados.

Eles estão inscritos e treinando na Gávea.

"O Flamengo tem 34 jogadores inscritos, podendo inscrever mais seis.

"O clube possui elenco suficiente para a partida.

Funcionário do Flamengo demitido por tirar foto do time sem máscara

Funcionário do Flamengo demitido por tirar foto do time sem máscara

Flamengo

"Certos de ser a decisão mais adequada e isonômica (vale para todos os clubes)."

Está escrito na decisão do diretor de competições da CBF, Manoel Flores.

Aliás, no regulamento da CBF, copiado da UEFA, prevê que, basta ter 13 jogadores saudáveis, o jogo está confirmado. O Flamengo tem 22.

O Palmeiras também fez valer sua força.

Não se dobrou aos pedidos da direção do Flamego porque acreditava na legislação.

O presidente do clube paulista, Mauricio Galiotte, foi firme na briga porque viu muito egoísmo do rival carioca na briga pela volta do futebol, em plena pandemia. E também agora, na pressão pela volta do público nos estádios.

A direção do Flamengo já estava com medo da derrota no STJD.

O sentimento virou certeza com uma publicação feita pelas próprias redes sociais do clube. A foto de o time voltando do Equador. Com todos os jogadores sem máscara.

A repercussão desmoralizou o pedido flamenguista.

Seu protocolo de segurança acabou ridicularizado.

Na imprensa e nas redes sociais.

O Palmeiras usaria a foto como prova, em caso de o jogo ser adiado.

Mas não precisou.

Só que a direção do Flamengo não teve piedade.

Descontou sua ira no funcionário responsável pelas redes sociais do clube, Matheus Grangeiro.

A ordem partiu do próprio Rodolfo Landim, surpreendido com a publicação.

O funcionário que o Flamengo demitiu tratou de reagir. Atitude 'covarde'

O funcionário que o Flamengo demitiu tratou de reagir. Atitude 'covarde'

Flamengo

De qualquer maneira, jogo confirmado no domingo.

Uma lição para o Flamengo tomar muito mais cuidado no seu protocolo contra a covid, que diz ter copiado da Alemanha.

Vitória também da isonomia.

Ou seja.

A lei é para todos.

Não só para alguns...

Acusado de agressão e expulso de condomínio: as polêmicas de Cazares

Últimas