Cosme Rímoli São Paulo e Fortaleza. Fla e Athletico. Os 'jogos' da Copa do Brasil

São Paulo e Fortaleza. Fla e Athletico. Os 'jogos' da Copa do Brasil

Sorteio da milionária Copa do Brasil não trouxe clássicos, como sonhava a CBF. Palmeiras, Grêmio, Santos, Cuiabá, Inter favoritos. Corinthians, imprevisível

  • Cosme Rímoli | Do R7

Amado no Fortaleza. Cobiçado no São Paulo. Ceni será o personagem nestas oitavas

Amado no Fortaleza. Cobiçado no São Paulo. Ceni será o personagem nestas oitavas

Fortaleza

São Paulo, Brasil

Santos x Ceará, Juventude x Grêmio, Botafogo x Cuiabá, 

Fortaleza x São Paulo, Flamengo x Athletico-PR, 

Atlético-GO x Internacional, 

Palmeiras x Red Bull Bragantino, 

Corinthians x América Mineiro.

Santos, Fortaleza, Red Bull, América Mineiro, Grêmio, Atlético Goianiense, Botafogo e Athetico definirão seus destinos fora de casa.

Estes serão os confrontos das oitavas-de-final da Copa do Brasil.

O sorteio acaba de acontecer na sede da CBF.

Apesar da grande novidade, os clubes que vieram da Libertadores e os campeões da Copa do Nordeste e da Copa Verde não ficaram em potes separados daqueles clubes que já disputava a competição.

A CBF resolveu misturar os 16 clubes para tentar clássicos, confrontos entre equipes mais fortes, despertando mais atenção à competição.

Mas não deu certo.

O confronto de melhor nível técnico será entre Flamengo e Athletico.

E o mais interessante tem Rogério Ceni como persongem principal. Ele, como técnico do Fortaleza, e cobiçado pelos dois candidatos a presidência do São Paulo, enfrentará justamente o clube que é o grande ídolo, em dois jogos eliminatórios.

Athletico eliminou o Flamengo em 2019. E ainda ironizou o 'cheirinho' de título

Athletico eliminou o Flamengo em 2019. E ainda ironizou o 'cheirinho' de título

Reprodução/Instagram

Nos demais confrontos, o Santos é favorito contra o competitivo Ceará. O Grêmio reeditará a final do Campeonato Gaúcho, que venceu diante do lutador, mas limitado Juventude.

Botafogo, em péssima fase, terá o muito bem ajustado time do Cuiabá, que pode ficar com a vaga.

O Fortaleza de Ceni é mais competitivo que o frágil São Paulo. O Flamengo é o melhor time do Brasil e tem muito mais chance diante do Athletico.

O Internacional terá seu elenco mais qualificado e mais forte fisicamente diante do articulado Atlético Goianiense. 

Palmeiras tem mais opções de elenco, vivência do que o recém-formado Red Bull Bragantino.

E o limitado Corinthians fará uma disputa igual diante do esforçado América Mineiro.

Os classificados para as quartas-de-final serão sorteados novamente, para seus novos confrontos.

O competitivo e imprevisível América Mineiro de Lisca Doido. Adversário do Corinthians

O competitivo e imprevisível América Mineiro de Lisca Doido. Adversário do Corinthians

América Mineiro

O grande prêmio da competição não é mais o título, que vale vaga direto para a Libertadores.

Com a vulgarização da competição sul-americana, distribuindo até sete vagas no Brasileiro, o que estará realmente em jogo será dinheiro.

A Copa do Brasil é a competição que mais paga neste país.

A vaga para as quartas-de-final vale R$ 3,3 milhões.

Para as semifinais, mais R$ 7 milhões.

O Red Bull Bragantino conseguiu derrotar o Palmeiras no Campeonato Paulista

O Red Bull Bragantino conseguiu derrotar o Palmeiras no Campeonato Paulista

Reprodução/Twitter

A final reserva mais R$ 54 milhões ao campeão.

E R$ 22 milhões ao vice.

Esse dinheiro, neste ano de pandemia, recessão econômica, é que estimula os clubes.

A tendência é ninguém poupar seus jogadores.

A bilionária CBF soube como ressuscitar a competição.

Sabe muito bem o que os clubes mais precisam.

Dinheiro...

Rivais não perdoam queda do São Paulo na Libertadores; veja memes

Últimas