Cosme Rímoli São Paulo antecipa a volta de público nos estádios. A partir de 4 de outubro

São Paulo antecipa a volta de público nos estádios. A partir de 4 de outubro

O governador João Doria decidiu, diante da vacinação em massa da população, liberar a volta do público. 30% estarão liberados a partir de 4 de outubro. 50% no dia 16 e no dia 1º de novembro, 100%

  • Cosme Rímoli | Do R7

Doria só aceitou antecipar a liberação de público depois da vacinação em massa da população

Doria só aceitou antecipar a liberação de público depois da vacinação em massa da população

Reprodução/Instagram

Paulo, Brasil

Os clubes de São Paulo, principalmente o Palmeiras, cumpriram sua promessa. 

Esperaram pela liberação definitiva do governo paulista para que articulassem a volta do público aos estádios.

Demorou, mas o governador João Doria, no final da noite de ontem, liberou que os torcedores voltassem a poder acompanhar as partidas no estado de São Paulo.

A partir do dia 4 de outubro, está liberada a presença de 30% da capacidade de público nos estádios. No dia 16 de outubro, 50%. E no dia primeiro de novembro, 100%.

A previsão anterior era de 30% apenas no dia 1º de novembro.

O blog antecipou que a liberação deveria acontecer em outubro.

No entanto, só poderão entrar nos estádios, os torcedores que estiverem imunizados, ou seja, tomado duas doses de vacina da Pfizer, Astrazeneca ou Coronavac. Ou a dose única da Janssen.

E todos com máscara, respeitando o protocolo, o distanciamento social.

Entre os clubes paulistas, o Palmeiras foi o que mais firme se posicionou. Não entraria com liminar no STJD, nem buscaria outro caminho legal para conseguir colocar torcedores nos seus jogos. Por respeito da direção à pandemia.

São Paulo, Santos e Corinthians, a contragosto, resolveram seguir o mesmo caminho.

O Palmeiras, aliás, é o único clube na semifinal da Libertadores que ficou sem sua torcida, no jogo na sua arena. Flamengo já teve. Barcelona de Guayaquil terá. Assim como o Atlético Mineiro, adversário palmeirense.

A CBF deverá liberar público nos jogos da Série A, na reunião marcada para o dia 28.

A volta de torcedores no país é irreversível.

Por conta da queda do número de mortos pela Covid-19.

E do aumento significativo de brasileiros vacinados.

São 68% que receberam pelo menos a primeira dose.

E 39% que estão totalmente imunizados...

Kanté faz compras em mercadinho e anda de carro popular

Últimas