Cosme Rímoli Robinho fora, de vez, do Santos. E Muricy de volta ao São Paulo

Robinho fora, de vez, do Santos. E Muricy de volta ao São Paulo

Andrés Rueda e Julio Casares, novos presidentes do Santos e do São Paulo, eleitos ontem, tomam suas primeiras decisões

  • Cosme Rímoli | Do R7

Acabou. Robinho não voltará a jogar no Santos. Promete Rueda, o novo presidente

Acabou. Robinho não voltará a jogar no Santos. Promete Rueda, o novo presidente

Ivan Storti/Santos

São Paulo, Brasil

Santos e São Paulo elegeram novos presidentes.

E Robinho e Muricy terão novos destinos.

Como o blog havia antecipado, apesar da assessoria santista garantir que o clube esperaria pela segunda apelação da condenação por estupro de Robinho, isso não acontecerá.

Seu contrato suspenso, será rescindido.

Ele não voltará ao clube.

"Até 31 de dezembro quem dirige o clube é Orlando Rollo. Quando sentarmos lá, vamos equacionar e ver no momento a situação do Robinho.

"A apelação dura um ano, não podemos ficar amarrados sob absolvição ou não. Para mim, assunto está encerrado a partir do momento que ele foi condenado em segunda instância", disse Andrés Rueda.

Na verdade, Robinho tem apenas um defensor na Vila Belmiro. É Rollo, seu amigo particular. Conselho Deliberativo, dirigentes, torcedores não aceitam o jogador de volta.

Não só por conta da condenação de nove anos por estupro na Itália.

E, por suas reveladoras conversas gravadas, que não só encaminharam a condenação, como mostraram seu desprezo com a mulher que teria sido abusada por ele, um amigo e outros quatro brasileiros, em Milão.

Patrocinadores iriam sair, caso o jogado condenado não só na primeira, como na segunda instância, por estupro, passasse a fazer parte do elenco.

Julio Casares ganhou a eleição no Morumbi.

"Meu primeiro ponto que eu falei após vencer é ligar para o Muricy Ramalho. Vou ter que descer daqui a pouco e ligar para dizer: 'Estamos prontos para te receber'. Vamos fazer um futebol forte e fortalecer cada vez mais o Fernando Diniz, um técnico competente, com filosofia de jogo, com convicções.

"O São Paulo vai avançar na Copa do Brasil, no Campeonato Brasileiro e em todos os títulos", discursou o sucessor do inseguro Leco, com cinco anos de fracassos no clube. Jamais um presidente na história do São Paulo ficou tanto tempo sem conquistar um título.

Desde junho, Muricy estava escolhido como coordenador de futebol, como também pôde publicar o blog.

A notícia se confirmou na semana passada.

Só que Muricy ficou com medo que Casares perdesse a eleição para Roberto Natel, o que não aconteceu.

O tetracampeão brasileiro deverá se despedir da Globo nesta segunda-feira, no programa Bem, Amigos...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Com Neymar na liderança, veja sul-americanos mais valiosos do futebol

Últimas