Cosme Rímoli Richarlison fala a verdade a Pedro. Se não sair do Flamengo, adeus Seleção Brasileira

Richarlison fala a verdade a Pedro. Se não sair do Flamengo, adeus Seleção Brasileira

O atacante do Everton é muito amigo de Pedro. Jogaram juntos no Fluminense. E assume o que os jogadores, dirigentes e treinadores sussurram nos bastidores. Ficar na reserva de Gabigol trava sua carreira

  • Cosme Rímoli | Do R7

Eles jogaram no Fluminense. O atacante do Everton conhece bem o potencial de Pedro

Eles jogaram no Fluminense. O atacante do Everton conhece bem o potencial de Pedro

Fluminense

São Paulo, Brasil

"Converso com ele até hoje. Está no Flamengo, um grande clube do Brasil. Acho que ele tinha que buscar novos ares, não dá para ficar só no banco. Eu, conhecendo o Pedro, creio que ele não está satisfeito com isso, não está feliz de ficar só no banco, entrando no segundo tempo. Querendo ou não, isso é muito ruim para o jogador.

"Um jogador com o talento do Pedro não pode ficar entrando no segundo tempo. Então acho que ele precisa buscar novos ares.

"Com certeza, ele jogando mais, conseguirá jogar na Seleção novamente."

A análise, direta, é de Richarlison.

O atacante do Everton, e um dos prediletos de Tite, abordou a questão de forma aberta, direta.

Ele falou o que jogadores, treinadores e dirigentes comentam 'em off', ou seja, nos bastidores.

Pedro já perdeu a Olimpíada por ser 'obediente' demais ao Flamengo.

O clube não o liberou para jogar a competição que acabou com medalha de ouro ao Brasil.

Ele não foi e seguiu como reserva de Gabigol.

Agora, com a chegada de Paulo Sousa, a mesma situação.

O Palmeiras tentou contratá-lo.

Estava disposto a pagar R$ 110 milhões mais Patrick de Paula e Gabriel Menino.

Só que ouviu 'não'.

Pedro não se envolveu na negociação.

E ela foi recusada pelo clube carioca.

Segue sendo mera opção no banco de reservas.

Pedro segue à sombra de Gabigol. Perde tempo na carreira sendo reserva

Pedro segue à sombra de Gabigol. Perde tempo na carreira sendo reserva

Flamengo

Esta é a sina de quem não analisa onde vai jogar.

Gabigol segue intocável na Gávea.

E os dois têm a mesma característica.

Por isso, Pedro segue na reserva.

E cada vez mais longe da Seleção.

Quando decidir 'mudar de ares', a Copa do Catar acabou...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas