Recordista de cartões no Palmeiras, Felipe Melo na zaga. Um risco

Vanderlei Luxemburgo, fiel ao seu estilo egocêntrico, chama a atenção para o seu trabalho. E improvisa, aos 36 anos, o violento Felipe Melo na zaga

Luxemburgo 'inventa' Felipe Melo como zagueiro. Aposta alta demais

Luxemburgo 'inventa' Felipe Melo como zagueiro. Aposta alta demais

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

Quem acompanhou o dia-a-dia de Vanderlei Luxemburgo sabe.

Ele tem dois truques para se impor quando chega em um clube.

Quando acumulava títulos importantes, ele se enchia de coragem e enfrentava um ídolo da equipe.

Tomava essa atitude para se impor diante do grupo, diretoria, imprensa e torcida.

Dispensou Giovanni do Santos, o goleiro Ronaldo do Corinthians e antecipou o fim da carreira de Marques no Atlético Mineiro.

Só não proibiu Marcos de dar entrevista e tirou sua faixa de capitão do Palmeiras por conta da diretoria do clube, em 2008.

A quatro meses de completar 68 anos e sem ganhar um título importante desde 2004, quando foi campeão brasileiro pelo Santos, sabe que não tem o mesmo prestígio. 

E sem poder peitar qualquer jogador importante do Palmeiras de 2020, ele opta por uma 'invenção perigosa'.

A cinco meses de completar 37 anos, Felipe Melo será zagueiro. Atuará improvisado do lado direito da defesa, cobrindo Marcos Rocha.

O jogador tem 1m83 é ótimo no jogo aéreo.

E ótima visão de jogo.

Mas, sua explosão muscular não é mais a mesma.

Tanto que, desde a sua volta ao Brasil, em 2017, ele se tornou o recordista na história do Palmeiras. 

São 58 cartões entre amarelos e vermelhos.

Jamais um atleta recebeu tantas advertências com camisa verde.

A grande maioria destes cartões foi por conta de faltas.

Não por violência, mas por atraso na hora de 'dar o bote', travar a bola.

O adversário, mais rápido, toca e o volante acertava 'para valer' a perna de quem dividia a bola.

Vanderlei também procurou, de maneira discreta, tirar Felipe Melo do meio de campo.

Ele era responsável pela lentidão da saída de bola.

Bruno Henrique e Ramires ou Matheus Fernandes deixarão o time muito mais ágil.

Felipe Melo tem se mostrado obediente na Florida.

Vai se aventurar na posição.

Sabe do risco que corre.

Assim como o time.

Mas Vanderlei é assim.

Tem de chamar a atenção sobre o seu trabalho.

Seu ego o obriga.

Quem o conhece de 1989 sabe que é assim...

Mercado da Bola 2020: veja quem saiu e quem chegou no seu time