Cosme Rímoli Presente para Tite. Lesão de Richarlison levará duas semanas para estar curada. Ele estará na Copa

Presente para Tite. Lesão de Richarlison levará duas semanas para estar curada. Ele estará na Copa

Depois de um final de semana de muita preocupação, com nova lesão na panturrilha esquerda do atacante do Tottenham, hoje, o alívio. Em duas semanas, ele estará pronto para voltar a jogar. Ou seja, irá para o Catar

  • Cosme Rímoli | Do R7

Richarlison realizará seu grande sonho. Apesar da contusão na panturilha, estará na Copa

Richarlison realizará seu grande sonho. Apesar da contusão na panturilha, estará na Copa

AFP

São Paulo, Brasil

Falta de férias, descanso, em 2021.

Por conta das seleções brasileiras, principal e olímpica.

Este é o diagnóstico da cúpula do Tottenham e da imprensa inglesa para a contusão numa das panturilhas de Richarlison, que pode tirá-lo da Copa do Mundo.

Seria a própria CBF responsável pelo desgaste exagerado para o jogador fundamental para Tite no Catar.

O problema do atacante estaria ligado ao fato dele ter se submetido a uma maratona "insana". O jogador não teve férias depois do Campeonato Inglês de 2020/2021. Foi direto disputar a Copa América e depois a OIimpíada do Japão.

No dia 10 de julho de 2021, ele estava no Maracanã, quando o Brasil perdeu a decisão continental para a Argentina. E, menos de um mês depois, dia 7 de agosto, Richarlison disputava e conquistava a final da Olimpíada.

Para piorar, ele jogou toda a temporada no fraco elenco do Everton, que lutou desesperadamente para não ser rebaixado na Premier League.

Em seguida, foi vendido ao Tottenham.

Não sem antes disputar jogos pela seleção nas eliminatórias e amistosos.

Mesmo aos 25 anos, ele teve no sábado a segunda distensão na panturrilha esquerda. Músculo que é muito acionado por ele ser um jogador velocista e destro para os chutes.

Richarlison não chorou de preocupação à toa. Em 2021, ele teve a mesma contusão. No dia 12 de dezembro de 2021. Ficou 27 dias longe do futebol. E levou algumas partidas para voltar ao mesmo nível que estava, antes da contusão.

A CBF entrou em contato com o departamento médico do Tottenham no final de semana para saber as reais condições médicas do jogador. E a tranquilidade só chegou hoje.

Richarlison se submeteu a exames de imagens. O resultado trouxe alívio, depois de grande preocupação durante todo o final de semana.

"É uma pena porque estamos falando de um jogador que entrega muita qualidade para a gente e ao mesmo tempo é forte e melhora nossa intensidade", disse o técnico Antônio Conte, depois da partida de sábado, contra o Everton.

O jogador mostrou toda a sua preocupação, na entrevista que deu, sábado. Com os olhos marejados, mostrou o medo de perder a Copa do Mundo.

"É difícil falar, porque está próximo da realização do meu sonho. Já sofri uma lesão dessa, parecida, mas espero que possa curar o mais rápido possível. Na última vez eu fiquei mais ou menos dois meses lá no Everton. Sei que é difícil neste momento, mas vamos ver. Mas até para andar dói", dizia, sincero.

"Está tudo tão perto, falta mais ou menos um mês. A gente vem se preparando, tratando todo dia para que não possa acontecer nada grave. Infelizmente, hoje tive essa lesão na panturrilha. Agora é esperar, fazer tratamento, todos os dias para que eu possa recuperar mais", insistia, tenso, ainda no sábado.

Exames divulgados hoje, no entanto, dão conta que ele ficará "apenas" duas semanas lesionado. E estará recuperado em tempo para ir para a Copa.

Os jogadores convocados se apresentarão em Turim, no dia 14 de novembro. Daí, toda a tensão de Richarlison.

O Tottenham fez questão de divulgar que ele estará liberado para jogar pelo Brasil, no Mundial.

Mas a segunda contusão no mesmo grupo muscular é uma preocupação. Ainda mais em uma competição tão intensa quanto curta, que é a Copa do Mundo.

Richarlison, no entanto, não tem do que reclamar. Ele fez questão de estar tanto na Copa América como na Olimpíada no ano passado. E ficar sem férias.

Ninguém, no entanto, é máquina.

Nem atletas de elite, como o brasileiro.

Richarlison deverá estar no grupo que disputará o Mundial.

Mas será uma preocupação durante toda a Copa...

Aposentado do futebol, jogador mais forte do mundo vai migrar para a luta livre

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas