Pedrinho, ex-Corinthians. Primeiro problema real de Jesus no Benfica

O treinador já disse que Cebolinha, Dudu, Rony e Michael são melhores do que ele. Benfica estuda até a possibilidade de devolvê-lo ao Corinthians

Pedrinho. R$ 120 milhões. Não se encaixa no perfil que Jesus precisa no Benfica

Pedrinho. R$ 120 milhões. Não se encaixa no perfil que Jesus precisa no Benfica

Benfica

São Paulo, Brasil

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, está completamente desgastado.

O desgaste vai além do fraco desempenho do clube na temporada, eliminado da Liga Europa nas oitavas, em Lisboa, no estádio da Luz, diante do Shakhtar Donestsk, e de perder o Português para o Porto.

Ele é investigado por corrupção.

De maneira esperta, ele decidiu vir ao Brasil, para chegar, de maneira apoteótica, festiva, ao lado de Jorge Jesus, que conseguiu tomar do Flamengo.

Chegar abraçado à sua 'maior vitória.'

Só que ao chegar no Rio de Janeiro, Luís Filipe Vieira terá de pagar a multa de 1 milhão de euros, cerca de seis milhões, ao Flamengo, pela liberação antecipada do treinador. E assumir ainda mais 1 milhão de euros, outros R$ 6 milhões, que Jesus havia recebido antecipadamente.

Só que há outra preocupação.

O primeiro problema real de Jorge Jesus.

Ele se chama Pedrinho.

O franzino meia-atacante foi indicado pelo ex-treinador Bruno Lage. Ele acreditava no potencial do alagoano de 22 anos. E o via como um promissor jogador para o futuro do Benfica.

E ele custou caríssimo para a atual realidade do clube português, 20 milhões de euros, cerca de R$ 120 milhões.

Quando Jorge Jesus nem imagina que pudesse voltar ao Benfica em 2020, ele falou abertamente o que pensava sobre o jogador que pertencia ao Corinthians.

"Se você me perguntar se há jogadores do Brasil, na posição dele, que são melhores do que ele, creio que há. Mais do que um, muito mais..."

"Naquela posição, (são melhores) o Cebolinha, o Dudu, o Rony, o Michael... Já disse quatro", cravou o técnico, à emissora Fox Sports.

A declaração foi dada em março, quando a negociação foi sacramentada.

Jorge Jesus gosta de meia-atacantes vividos, como Arrascaeta. Jovens, não

Jorge Jesus gosta de meia-atacantes vividos, como Arrascaeta. Jovens, não

Reprodução Twitter

Jorge Jesus não é de meias palavras. Não gostava do futebol de Pedrinho. Não imaginava que teria de trabalhar com ele.

Ele volta para Portugal cercado de expectativa depois do melhor trabalho de sua carreira de 43 anos. Campeão da Libertadores, do Brasil, do Rio de Janeiro, da Recopa Sul-Americana, da Supercopa do Brasil. Vice do mundo.

A princípio, Luís Filipe Vieira tem para gastar em contratações 30 milhões de euros, cerca de R$ 180 milhões. O Benfica acaba de pedir emprestado 50 milhões de euros, R$ 300 milhões, a bancos.

Como desperdiçar R$ 120 milhões com um jogador que Jorge Jesus não confia?

Ainda mais com o elenco mediano que o espera em Lisboa.

Jorge Jesus e Luís Vieira têm como primeiro obstáculo o jovem jogador, que é o oposto que o treinador tinha no Flamengo. Everton Ribeiro e Arrascaeta são jogadores vividos, experientes, prontos para sobreviver à pressão.

Pedrinho era questionado no próprio Corinthians.

O empresário do jogador, Will Dantas, já enxergou o cenário.

E tentou amenizar.

"Na realidade, acho que ele não conseguiu expressar aquilo que queria dizer. Até falei com o Bruno (Macedo, empresário de Jorge Jesus) na época. O que ele quis dizer é que tinha jogadores mais prontos que o Pedrinho. E ele tem razão no que quis dizer."

Como se Jorge Jesus não falasse português, não soubesse se expressar. Não é o caso. Ele falou exatamente o que acredita. No seu ponto de vista, havia jogadores melhores no Brasil para o Benfica contratar.

Em Lisboa já há rumores que o Benfica tentará devolver Pedrinho.

O que revoltou Will Dantas, que tratou de desmentir essa possibilidade nas redes sociais. 

Agente de Pedrinho revoltado com rumores que negócio pode ser desfeito

Agente de Pedrinho revoltado com rumores que negócio pode ser desfeito

Reprodução Instagram

Ainda chegou a informação de que haveria uma estranha multa para a devolução do jogador, que seria o dobro que o Benfica pagou, chegando então a 40 milhões de euros, cerca de R$ 240 milhões.

O clube português aceitou a devolução de Yony González, meia-atacante que o Corinthians havia se comprometido a pagar 3 milhões de euros, cerca de R$ 18 milhões.

O Benfica ainda não pagou por Pedrinho ao Corinthians.

A imprensa portuguesa insiste que tentará a devolução.

Para que o clube use esse dinheiro em outros jogadores indicados por Jorge Jesus.

Jorge Jesus é amigo íntimo do presidente Vieira. Vão conversar sério no Rio

Jorge Jesus é amigo íntimo do presidente Vieira. Vão conversar sério no Rio

Reprodução Twitter

O ex-treinador do Flamengo já tem um grande problema no Benfica.

E tentará resolvê-lo antes de sair do Brasil, com Luís Filipe Vieira.

Não será surpresa se o treinador decidir não ficar apenas no Rio de Janeiro.

E vir para São Paulo, se reunir com a direção corintiana.

Não há tempo no Benfica para formar jogadores.

Jorge Jesus sabe muito bem disso.

E Pedrinho não se encaixa nos atletas que precisa...

Oito cirurgias, quase amputação e infecção: a volta por cima de Cazorla