Cosme Rímoli Os motivos que levaram Abel a virar as costas a Patrick de Paula e Gabriel Menino. E dispensá-los do Mundial

Os motivos que levaram Abel a virar as costas a Patrick de Paula e Gabriel Menino. E dispensá-los do Mundial

Em um ano, eles passaram de 'grandes revelações' para reservas dispensáveis no Palmeiras. Futebol dos dois não evoluiu. Além de insatisfação pela vida de Patrick e Menino fora do clube

  • Cosme Rímoli | Do R7

Patrick de Paula e Gabriel Menino. De 'grandes revelações' a reservas dispensados no Mundial

Patrick de Paula e Gabriel Menino. De 'grandes revelações' a reservas dispensados no Mundial

Cesar Greco/Palmeiras

São Paulo, Brasil

"Nós temos de valorizar os nossos jogadores da base."

"Como o Patrick de Paula, o Gabriel Menino."

"Por isso defendo a não renovação de contrato."

Dessa maneira, o ex-presidente Mauricio Galiotte decretou a saída de Felipe Melo do Palmeiras, no ano passado. O contrato do volante, principal líder do clube, não foi renovado pela nova presidente Leila Pereira, apesar de sua importância para Abel Ferreira.

O técnico português não teve o poder de impor a permanência do atleta. E muito menos Leila iria se voltar contra Galiotte, mentor de sua eleição como presidente.

Mas há tempos que Abel Ferreira não estava mais deslumbrado pelo futebol de Patrick de Paula e Gabriel Menino.

Pelo contrário, até. Ambos, não só não conseguiram evoluir dentro de campo. Como também fora dos gramados.

Tanto que não foram nem inscritos para o Mundial.

Os holofotes que Galiotte esperava para vender a dupla estarão apagados para os dois.

A opção passa pela falta de experiência de Patrick, 22 anos, e Menino, 21. Mas também pelo inconstante futebol mostrado pelos dois.

Mesmo nos treinamentos, Patrick vinha mostrando deficiência na recomposição, na entrega na marcação. O que não compensava seu maior talento para atacar.

Já Gabriel Menino se perdeu como coringa. A explosão muscular, a vibração, desapareceram. E afetaram diretamente sua técnica refinada.

"O Patrick é um volante tal qual é o Zé (Rafael), tal qual é o Jailson, tal qual é o Danilo, tal qual é o Atuesta. Destes cinco, escolhi quatro, e o Patrick foi preterido em função deste momento aqui, de estarem em melhor forma os outros quatro, foi apenas isso", disse Abel Ferreira, ontem.

"Em relação ao Menino, vocês (jornalistas) sabem que ele é um coringa que temos, que pode jogar na lateral-direita, como oito ou como sete. Optamos para jogar como sete e temos Dudu e Breno, de volante temos Atuesta e Jailson, e na lateral temos Mayke e Marcos Rocha. São as minhas decisões."

Felipe Melo e Abel Ferreira. O português perdeu seu líder por vontade do ex-presidente Galiotte

Felipe Melo e Abel Ferreira. O português perdeu seu líder por vontade do ex-presidente Galiotte

Cesar Greco/Palmeiras

O que aconteceu, do início de 2021, quando eram considerados duas das maiores promessas já surgidas no Palmeiras, a se tornarem reservas dispensáveis um ano depois?

No Palestra Itália cada vez mais se questiona o comportamento de Patrick e de Menino. Abel Ferreira sente falta de mais dedicação. E também há insatisfação silenciosa pela vida fora do clube.

Patrick de Paula se calou nas redes sociais por não ter sido inscrito no Mundial.

Gabriel Menino respondeu, hoje, nas redes sociais.

Se comparou a 'um leão'.

"Você nunca verá um leão comendo capim. Sabe por quê? Ele não muda a sua essência, seja lá o momento que for."

"Pense como um leão! Problemas existem? Sim. No entanto, não deixe de ser quem és. São nos momentos de crise, que temos a oportunidade de nos reinventar, fazer coisas novas, correr atrás."

"Todos os dias pela manhã, independente de como esta dia comece, o leão sabe que precisa levantar e ir à caça. Já suas presas, também levantam sabendo que precisam correr mais que o leão. Você quem decide em qual dos lados da cadeia alimentar quer estar.

"Pense nisso!"

Foi uma resposta de Abel Ferreira também ao ex-presidente Galiotte.

Ele deveria ter perguntado ao técnico quem ele precisaria mais, caso o Palmeiras chegasse ao Mundial de Clubes.

Da juventude e aprendizado de Patrick de Paula e Gabriel Menino.

Ou da vivência e liderança de Felipe Melo?

A resposta veio na lista de inscrição do Palmeiras na Fifa...

Monterrey fracassa no Mundial após gastar R$ 463 milhões

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas