Cosme Rímoli Novo presidente do Corinthians desmente Neto. Não o quer como sucessor na presidência em 2026. 'Não tem acordo nenhum'

Novo presidente do Corinthians desmente Neto. Não o quer como sucessor na presidência em 2026. 'Não tem acordo nenhum'

Neto garantiu no sábado, na eleição de Melo, que teria o apoio do novo presidente do Corinthians, em 2026. E seria candidato à presidência. Melo o desmentiu. 'Não há acordo nenhum.'

  • Cosme Rímoli | Do R7

Melo desmentiu Neto. O novo presidente do Corinthians não o quer como sucessor em 2026

Melo desmentiu Neto. O novo presidente do Corinthians não o quer como sucessor em 2026

Reprodução/Twitter Craque Neto

São Paulo, Brasil

As eleições no Corinthians trouxeram alegria e decepção para Neto.

O ex-jogador e apresentador de TV queria, de qualquer maneira, que seu ex-amigo íntimo Andrés Sanchez perdesse o poder de controlar o Corinthians, depois de 16 anos de domínio total.

Os presidentes que elegeu, Mario Gobbi, Roberto de Andrade e Duilio Monteiro Alves, cediam aos desejos de Andrés.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Neto e Andrés conviviam bem até que houve uma grave, e secreta, divergência entre os dois.

O ex-jogador passou a atacar o dirigente em todos os meios de comunicação que possui. E Andrés passou a retrucar.

Eleito conselheiro, Neto prometia concorrer à eleição deste ano. Legalmente poderia, por ter dois mandatos. Mas, na última hora, recuou.

E apoiou abertamente Augusto Melo, candidato da oposição, contra André Negão, que representava o grupo Renovação e Transparência, de Andrés, no poder desde 2007.

Após a vitória de Melo, Neto garantiu que seria o homem que Melo apoiaria para sua sucessão em 2026, quando acabar seu mandato. No Corinthians, a reeleição não é permitida.

O apresentador de tevê tentava seu terceiro mandato como conselheiro.

E já falava como o candidato de Melo daqui a três anos.

"Eu tenho certeza de que, na sequência do Augusto Melo, com quem eu tenho essa parceria, eu serei o próximo [presidente]. Torço e votei no Augusto Melo. A Renovação e Transparência não existe, isso foi tudo uma mentira. O Corinthians é mais importante que todos eles", disse Neto.

Só que vieram, em seguida, duas derrotas.

A primeira, nas urnas.

Não conseguiu se reeleger para o terceiro mandato.

E, pior, Augusto Melo jurou não ter acordo nenhum.

Neto não será seu candidato à presidência em 2026.

"Não tem acordo nenhum. O Neto está muito bem empregado, é um excelente comentarista, tem dois programas de alto nível [na TV] e não vai querer se meter nisso. Antes disso, ele já falou que queria ser candidato agora [em 2023], mas tinha acabado de renovar contrato. Não tivemos nenhuma conversa nesse sentido", falou à CNN.

De amigos íntimos a inimigos mortais. Neto e Andrés nem se falam. Apresentador vibrou com a vitória de Melo

De amigos íntimos a inimigos mortais. Neto e Andrés nem se falam. Apresentador vibrou com a vitória de Melo

Divulgação/Editora Primavera

Neto se calou ao saber da declaração.

Ele ficou feliz ao ver a derrocada do agora inimigo íntimo Andrés Sanchez.

Mas também não foi vencedor.

Melo vai estudar politicamente o que for para a sua sucessão.

E já antecipa que o caminho não indica Neto.

Desmentindo o acordo propagado pelo apresentador...

Mandato sem títulos, polêmicas e rivais campeões: o melancólico fim da era Duilio no Corinthians

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas