Cosme Rímoli Nervoso, Abel sabe. É proibido perder hoje na Libertadores

Nervoso, Abel sabe. É proibido perder hoje na Libertadores

Português, técnico do Palmeiras, terá um duelo contra o compatriota, rival e amigo Renato Paiva, no Allianz.  Ele comanda o perigosíssimo Independiente del Valle

  • Cosme Rímoli | Do R7

Muito tenso, Abel Ferreira sabe o quanto o Palmeiras precisa vencer hoje

Muito tenso, Abel Ferreira sabe o quanto o Palmeiras precisa vencer hoje

Conmebol

São Paulo, Brasil

Escapar de uma série inédita de três derrotas no Allianz é bobagem.

Até porque cair para o São Paulo e para o Mirassol no Campeonato Paulista não tem importância no planejamento.

Na temporada 2021, o Estadual é a última das últimas preocupações. 

Mas uma derrota hoje, para os planos do Palmeiras, seria caótico.

O clube está em um grupo muito difícil da Libertadores.

O A, com dois adversários fortes pela briga para as oitavas.

O time de Abel Ferreira mostrou enorme irregularidade na vitória contra o clube mais fraco no grupo. Vitória por 3 a 2, contra o Universitario do Peru.

A defesa segue exposta, nos últimos jogos, com o sistema defensivo falhando muito, seja a formação que Abel escolher.

E hoje, no Allianz, entre o muito perigoso e ofensivo Independiente del Valle. 

Não bastasse a base do time que venceu a Copa Sul-Americana de 2019, seguindo o esquema tático vibrante do espanhol Juan Ángel Ramírez, que assumiu o Internacional, Abel Ferreira sabe que terá alguém que não só conhece sua maneira de montar equipes, como pessoalmente.

Terá pela frente o compatriota e amigo, Renato Paiva.

O duelo lusitano repetirá o que já aconteceu em Portugal, quando Abel treinava a categoria de base do Braga e Paiva, do Sporting.

A relação é tão próxima que Paiva não teve pudor em telefonar para Abel. Queria e conseguiu informações táticas sobre o Grêmio, de Renato Gaúcho. Clube que o Independiente eliminou na pré-Libertadores e chegou à fase de grupos, contra o Palmeiras.

Abel Ferreira está preocupado.

Sabe que o Palmeiras precisa vencer o perigoso adversário, hoje, às 21h30. 

No Palestra Itália já se percebeu a tensão de Abel nos últimos dias. Pelo calendário, pela cobrança nas derrotas no Paulista, pela inconsistência do time.

Em uma entrevista levada ao ar ontem, no SBT, um agradecimento do português acabou em desabafo.

" (Quero) Agradecer a todos os palmeirenses que estão em contato comigo e com a equipe. Têm sido extraordinários. Têm a coragem de falar conosco, de nos agradecer, de nos incentivar. Às vezes encontramos alguns covardes que se escondem atrás de muros e de algumas redes sociais."

O treinador se referia à pichação na semana passada nos muros do Palestra Itália.

Renato admitiu a ajuda de Abel para eliminar o Grêmio. Amigos e rivais há anos

Renato admitiu a ajuda de Abel para eliminar o Grêmio. Amigos e rivais há anos

Reprodução/Twitter

Ela pedia para que ele 'acordasse'.

Muito vaidoso do seu trabalho, das conquistas da Libertadores e da Copa do Brasil, ele se sentiu injustiçado.

A irritação também foi um escudo no domingo, após a derrota com os reservas, para o Mirassol, no Allianz. Na verdade, Abel Ferreira não queria falar, detalhar como montará seu time hoje, no duelo contra seu amigo e compatriota Renato Paiva.

Porque há uma enorme preocupação.

A lateral esquerda.

Viña, expulso na final da Recopa Sul-Americana, pegou três partidas de suspensão.

Não enfrentou o Universitario, não jogará hoje e também contra o Defensa y Justicia.

Abel Ferreira não quis falar para Renato Paiva sobre a sua aposta em Victor Luis, ótimo no apoio, mas com problemas de marcação. Patrick de Paula deverá ajudar na cobertura. 

Fora o fato de o português palmeirense insistir em atuar com três zagueiros: Luan, Gustavo Gómez e Renan.

Abel Ferreira. A pichação que irritou o treinador palmeirense. "Covardes"

Abel Ferreira. A pichação que irritou o treinador palmeirense. "Covardes"

Reprodução/Twitter

O time ainda não se encontrou defensivamente com essa formação, situação que irrita muito Abel Ferreira ao ser cobrado.

O Palmeiras está preparado para um duelo muito forte na intermedíaria. Com intensidade que o time parece ter perdido após a conquista da Copa do Brasil.

Até porque o Independiente del Valle também atuará em um básico 3-5-2, espelhado no Palmeiras. Com foco no contragolpes em velocidade, pelos lados do campo, a próximidade dos atletas, formando triângulos, e muita força na recomposição, sem a bola.

Abel sabe que é uma partida extremamente perigosa.

Em caso de derrota e vitória do Defensa y Justicia, hoje na Argentina, pode ser superado pelos dois adversários mais importantes no grupo. E teria de tentar se recuperar atuando na Argentina e no Equador.

Abel Ferreira sabe.

O Palmeiras precisa vencer hoje.

E diante de um adversário forte, comandado por alguém que o conhece profundamente.

Gustavo Gómez sabe o quanto está complicada a adaptação aos três zagueiros

Gustavo Gómez sabe o quanto está complicada a adaptação aos três zagueiros

Cesar Greco/Palmeiras

Com quem promove duelos equilibrados desde a base.

Saíram de Portugal e vieram se reencontrar no Brasil.

Se ajudaram, juntaram seus conceitos contra o Grêmio de Renato.

Mas hoje é cada um do seu lado. 

Lutando para sobreviver na insólita América do Sul...

Nenhum brasileiro: Conheça quem mais se valorizou na temporada

Últimas