Medo. Torcedores ameaçam e xingam jogadores do Corinthians

O desembarque do time foi assustador. Membros de organizadas os xingaram, os ameaçaram. Jogadores tiveram de correr para o ônibus do clube

Cássio foi o jogador mais xingado e ameaçado no desembarque do Corinthians

Cássio foi o jogador mais xingado e ameaçado no desembarque do Corinthians

Reprodução/TV Gazeta

São Paulo, Brasil

Os vexames do Corinthians não são só no gramado.

O que aconteceu ontem no aeroporto de Cumbica foi assustador.

Eram cerca de 23 horas, quando o time desembarcou do Rio de Janeiro, depois da derrota para o Fluminense.

Mais de 50 membros de torcidas organizadas esperavam a delegação.

E mal avistaram os jogadores caminhando em direção ao ônibus do time, esses torcedores passaram a xingá-los e ameaçá-los.

Os seguranças do aeroporto internacional foram fundamentais para proteger os atletas. Os seguranças do Corinthians eram em número pequeno.

A solução encontrada para evitar agressões, foi simples.

Os seguranças do aeroporto continham os torcedores.

E os seguranças corintianos abraçavam os mais cobrados.

Cássio foi o mais ofendido.

Depois dele, Gil.

Vários jogadores correram em direção ao ônibus.

Cena bizarra no aeroporto. 

Jogadores tiveram de correr para o ônibus. Outro vexame do Corinthians

Jogadores tiveram de correr para o ônibus. Outro vexame do Corinthians

Reprodução/TV Gazeta

Inacreditável a falta de planejamento do departamento de futebol do Corinthians.

O elenco do Figueirense foi agredido na semana passada, em Santa Catarina.

Infelizmente, o ódio impera no futebol.

Era óbvio que o ônibus do Corinthians deveria ter entrado nas pistas laterais do aeroporto. E esperado os jogadores assim que o avião que trazia o time do Rio, chegasse.

Mas isso não aconteceu.

Os jogadores ficaram expostos à ira das organizadas.

Eles escaparam por sorte, ontem.

Digão, presidente da Gaviões, promete. "Vamos 'embaçar' a vida de todo mundo"

Digão, presidente da Gaviões, promete. "Vamos 'embaçar' a vida de todo mundo"

Reprodução/Twitter

Mas Rodrigo Tapia, o Digão, presidente da Gaviões da Fiel, ameaçou.

A perseguição continuará.

"A cobrança tem que ser em cima desses caras mesmo, são os caras experientes (Cássio e Gil).

"Esses caras estão nos fazendo passar vergonha.

"E todo jogo vai ser assim.

"Se a gente não ver raça e vontade, vamos 'embaçar' na vida de todo mundo.

"Nós pagamos nossos ingressos, falamos com eles e eles dizem que está tudo em dia, cobramos a diretoria...

"Então, se eles não melhorarem, vamos 'embaçar' todo jogo."

Esse é o clima que domina o Corinthians...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Com Tiago Nunes fora, quem deve ser o novo técnico do Corinthians?