Cosme Rímoli Mãe de Daniel Alves sabotou tentativa de acordo com suposta vítima de estupro. Julgamento começa daqui a sete dias. Cenário? Péssimo

Mãe de Daniel Alves sabotou tentativa de acordo com suposta vítima de estupro. Julgamento começa daqui a sete dias. Cenário? Péssimo

Para tentar desmoralizar a suposta vítima de estupro do filho, mãe de Daniel Alves divulgou rosto e nome da mulher. O que sabotou tentativa de acordo. O jogador poderá ser condenado a 12 anos de cadeia

  • Cosme Rímoli | Do R7

A postura da mãe, revelando a identidade da suposta vítima de estupro, sabota a tentativa de acordo

A postura da mãe, revelando a identidade da suposta vítima de estupro, sabota a tentativa de acordo

Reprodução/Instagram @danialves

São Paulo, Brasil

A uma semana do início do julgamento de Daniel Alves, seus advogados tentam, de qualquer maneira, um acordo.

Buscam negociar com advogados da mulher que o acusa de estupro. A busca é diminuir a possibilidade de o jogador passar 12 anos na cadeia, pena máxima.

Mas o grande obstáculo foi a atitude da mãe do jogador.

Maria Lucia Alves fez questão de divulgar uma foto e o nome da mulher que acusa o filho de estupro, dia 30 de dezembro de 2022, em Barcelona.

Na postagem, Maria Lucia questiona o 'trauma' da espanhola, já que estava dançando, sorridente.

Na Espanha é absolutamente proibido revelar a identidade de uma suposta vítima de crime sexual. É crime.

Advogados da mulher que acusa o lateral disseram que entrariam com processo contra a mãe do jogador. Ainda não teriam entrado.

Mas o fato de ela ter revelado o rosto e o nome da espanhola fazem com que seus defensores estejam dificultando a possibilidade de um acordo.

A opinião pública e a mídia espanhola se posicionam de maneira absolutamente contrária a Daniel Alves, que deu cinco diferentes versões do que aconteceu em um banheiro, do camarote da boate Sutton.

O ritual do julgamento foi divulgado hoje na Espanha.

Está estabelecido que, em três dias, o caso estará encerrado.

Serão nada menos do que 28 testemunhas.

Daniel Alves deverá falar já na próxima segunda-feira.

Além dele, mais seis testemunhas.

Vinte e duas deverão falar na terça-feira.

Na quarta-feira próxima, dia 10, deverá sair a sentença.

O pai de Neymar emprestou 150 mil euros, cerca de R$ 800 mil, para "atenuante de reparação de dano causado". Ou seja, se Daniel Alves for condenado, o dinheiro pode reduzir a pena.

Será uma juíza, Isabel Delgado Pérez, a responsável pela condução do julgamento.

A mãe do jogador, Maria Lúcia, colocou tudo a perder. Acordo, para a redução de provável pena, não haverá

A mãe do jogador, Maria Lúcia, colocou tudo a perder. Acordo, para a redução de provável pena, não haverá

Reprodução/Instagram

Daniel Alves está em prisão preventiva, desde o dia 20 de janeiro de 2023.

Jamais quem serviu à Seleção Brasileira esteve preso, acusado de estupro.

Robinho, que foi condenado na Itália, a nove anos de prisão, segue solto, no Brasil.

Na Espanha, os comentários da imprensa especializada é que a situação está muito complicada para Daniel Alves.

As versões contraditórias, os vídeos da mulher saindo desesperada do banheiro, a saída furtiva do jogador da Seleção, ao ver a suposta vítima chorando, os depoimentos dos funcionários da boate.

Tudo pesa contra o jogador.

A situação que estava péssima, sua própria mãe tornou pior.

Revelar o rosto da mulher, com seu nome completo, foi tiro no pé.

O cenário indica uma condenação pesada a Daniel Alves...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas