Kia Joorabchian, o homem da MSI, no Palmeiras

Kia e seu sócio, Giuliano Bertolucci, negociam no Palestra Itália

Kia, nos áureos tempos da MSI. Agora reforça laços com o Palmeiras

Kia, nos áureos tempos da MSI. Agora reforça laços com o Palmeiras

Divulgação

Kia Joorabchian cada vez mais firme no Palmeiras.

Depois de 11 anos que a MSI foi banida do Corinthians, o iraniano se tornou um dos mais importantes empresários do país. Ele e seu sócio, Giuliano Bertolucci dominam o mercado de jogadores do país. Mas faltava algo que Kia desejava, negociar constantemente com o Palmeiras, com seu bilionário patrocínio da Crefisa. 

Não queria que Diogo Barbosa fosse uma exceção.

E, no próximo mês, Kia terá nas mãos o principal atacante palmeirense. Dudu.

Em fevereiro terminará a ligação que o jogador tem com Bruno Paiva e Marcelo Goldfarb. Ele já decidiu deixar a OTB Sports. Já tem tudo acertado com Bertolucci e Kia.

O motivo da decisão foi a falta de ofertas de grandes clubes europeus pelo jogador. Aos 26 anos, ele acredita que precisa dar uma guinada na sua carreira. Daí a troca.

Para Bertolucci e Kia será excelente. Ambos ficaram impressionados com o poder financeiro do clube, na compra de Diogo Barbosa. O Palmeiras é um clube que os dois cobiçam desde que passou a contar com o dinheiro da Crefisa. Os empresários já dominam o mercado. Venderam Alexandre Pato, Ramires, Jô, Marquinhos, David Luiz, Willian, Oscar, entre outros.

Dudu vai trocar de empresário. Trabalhará com Bertolucci e Kia

Dudu vai trocar de empresário. Trabalhará com Bertolucci e Kia

Palmeiras

Bertolucci já estava entusiasmado. Porque voltou a negociar com o São Paulo. Leco fez questão de esquecer que o falecido presidente Juvenal Juvêncio o havia banido, depois de tirar o meia Oscar, em 2009. Giulianno já negociou Luiz Araújo ao Lille, David Neres ao Ajax e Lyanco ao Torino.

Com o Santos, a relação extrapolou oferecer jogadores do clube para o Exterior. Bertolucci no ano passado emprestou 4 milhões de euros do próprio bolso para a diretoria comandada por Modesto Roma. Agora, com o novo presidente José Carlos Peres, a relação segue firme.

Kia e Andrés Sanchez são amigos desde 2005, o auge da MSI no Corinthians. Tem livre acesso. Foi ele quem trouxe Jô desvalorizado e o vendeu para o Japão, como campeão e artilheiro do Brasileiro.

O início da relação entre Kia e Bertolucci no Palmeiras poderá balançar um território que parecia de Eduardo Uram. Ele fez inúmeros negócios com o clube. Tem excelente relação com Alexandre Mattos desde os tempos do Cruzeiro.

Jogadores como Ramires e Bernard, jogadores que sonham em voltar para o Brasil, podem levar o Palmeiras mais em consideração. 

Diogo Barbosa foi a chave de entrada.

Dudu será a confirmação.

Kia e Bertolucci começam a expandir seus tentáculos também no Palmeiras...

Ramires quer voltar ao Brasil. Tem 30 anos

Ramires quer voltar ao Brasil. Tem 30 anos

Mowa