Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Hulk humilha Gabigol. Atacou seu ponto mais fraco. O fracasso na Europa

O atacante do Atlético Mineiro não deixou por menos a ironia de Gabigol. E deu uma resposta dura e direta ao jogador do Flamengo. Os artilheiros do Brasil se estranham

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Hulk não deixou por menos. Contragolpeou Gabigol no seu ponto mais fraco
Hulk não deixou por menos. Contragolpeou Gabigol no seu ponto mais fraco Hulk não deixou por menos. Contragolpeou Gabigol no seu ponto mais fraco

São Paulo, Brasil

"[Receberia] Cartão vermelho, 25 jogos de suspensão..."

"E direto para a delegacia, por agressão."

Comentário de Gabigol sobre uma falta de Hulk em Willian Faria, no empate entre Atlético Mineiro e Coritiba.

Publicidade

O empurrão e depois um chute no meio das pernas do meio-campista valeram cartão amarelo para o atacante atleticano.

A ironia do atacante flamenguista não foi bem digerida por Hulk.

Publicidade

O jogador do Atlético devolveu a provocação de forma constrangedora

"Quando congela a imagem, o ângulo pode parecer mais do que realmente é. Falta clara, e, na minha opinião, do árbitro e do VAR, foi lance para amarelo."

Publicidade

"Meu foco é aparecer para a mídia dando o meu melhor dentro de campo e ajudando minha equipe."

"E não pegar embalo em alguém que tem muito mais moral que eu, em nível mundial, para aparecer!"

Publicidade

A resposta de Hulk fez Gabigol se calar.

O atacante do Flamengo, na verdade, está inseguro.

Ele sabe que sua vaga para a Copa do Mundo está seriamente ameaçada.

A chance seria ser protagonista do futebol brasileiro, depois dos fracassos na Itália e em Portugal.

Mas Hulk, com dez anos a mais, 35 anos, "roubou" a cena.

Gabigol ainda tentou dar sua tréplica. Sem sucesso
Gabigol ainda tentou dar sua tréplica. Sem sucesso Gabigol ainda tentou dar sua tréplica. Sem sucesso

No ano passado, o atacante do Atlético Mineiro marcou 36 gols. Foi o artilheiro do Brasil.

Mas Gabigol teve a coragem de publicar uma postagem mostrando que ele havia marcado 34 gols pelo Flamengo. E somou três que fez pela seleção.

E se colocou como artilheiro, com 37 gols.

Lógico que os veículos de comunicação não levaram a sério a contagem.

O atacante do Flamengo ainda escreveu nas redes sociais: "Não fiquem putos, não...".

A verdade é que Gabigol percebeu que Hulk ganhou espaço na mídia que poderia ser seu.

E não perdeu a chance de disparar contra o atacante atleticano.

Leia também

Mas recebeu uma resposta dolorida.

Hulk fez muito sucesso no exterior.

Fez história nas quatro temporadas no Porto.

E fortuna no Zenit, no Shanghai, no Tokio Verdy, no Kawazaki Frontale, no Consadole Sapporo.

Disputou a Copa do Mundo de 2014.

É um jogador midiático.

Gabigol fracassou na Inter de Milão e no Benfica.

Voltou para o Brasil em 2018.

A esperança era voltar para a Europa.

Jogou no Santos.

E está no Flamengo desde 2019.

Não recebeu a sonhada proposta de um gigante europeu.

Sua estratégia era se destacar por aqui.

Ser titular da seleção na Copa do Catar.

E voltar, valorizado, para a Europa.

Só que Hulk "roubou" seu protagonismo.

E Gabigol tem séria concorrência para o Mundial.

Não é, nem de longe, titular com Tite.

Essa situação incomoda o jogador flamenguista.

Daí o ataque nem tanto gratuito a Hulk.

Mas tomou a invertida que não esperava.

E que foi direto no seu ponto mais fraco.

O fracasso na Europa.

Gabigol tentou a tréplica.

Sem sucesso.

Ele é um jogador sem prestígio no Velho Continente.

Ao contrário de Hulk.

O atacante do Flamengo sentiu o golpe...

Rayssa Leal se torna a mais jovem medalhista dos X-Games; veja 7 destaques

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.