Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Gil, vai roubar o Corinthians até quando?' Organizadas têm acesso ao hotel do Corinthians. Jogadores apavorados. Medo de agressões

Elenco tenso por conta das agressões que Luan sofreu. Expostos pela ligação entre diretoria e organizadas, atletas querem mais segurança. Jogo contra o Atlético, em Belo Horizonte, é de alto risco

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

A cobrança de Gil expôs outra vez o acesso das organizadas ao elenco corintiano
A cobrança de Gil expôs outra vez o acesso das organizadas ao elenco corintiano A cobrança de Gil expôs outra vez o acesso das organizadas ao elenco corintiano

São Paulo, Brasil

A grande novidade do Corinthians para amanhã, contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, já está com o elenco.

Não, não se trata do paraguaio Matías Rojas, que deve estrear.

Mas da segurança reforçada do elenco.

Publicidade

Com medo da própria torcida, os jogadores e Vanderlei Luxemburgo pediram e estão mais protegidos. Não querem mais ouvir ameaças, xingamentos nem cobranças cara a cara dos membros das organizadas.

O clima já estava de pura tensão, depois que "torcedores" tiraram Luan do motel Caribe, em São Paulo, e o agrediram. E ameaçaram de morte se não saísse do Corinthians.

Publicidade

Aliás, a direção tentará convencê-lo de vez a aceitar um acordo e ir embora. Deixando assim de receber R$ 800 mil por mês até dezembro de 2023.

Desta vez, o meia está mais inclinado a aceitar.

Publicidade

A tensão em Belo Horizonte, depois da derrota para o América, chegou a um grau muito maior.

Não bastassem os xingamentos após o jogo, ontem, ao voltarem do treinamento, uma selvagem recepção.

Publicidade

Membros das organizadas, que tudo sabem sobre os bastidores do clube, aguardavam o elenco. Especialmente por Gil, que falhou no gol no Independência.

Com total acesso ao hotel cinco-estrelas Ouro Minas.

Sim, a direção não faz como outros clubes, que proíbem a entrada de torcedores nas dependências do hotel. As organizadas corintianas seguem com privilégios.

"E aí, Gil?

"Vai comer o dinheiro do Corinthians até quando?

"Vai roubar o Corinthians até quando?

"Por que você não vaza?

"Por que você não sai fora?

"Você é ex-jogador. 

"Está roubando o clube."

Gil, incomodado, apenas encarou o membro da organizada que o cobrava e perguntou. "Roubando o clube?" 

Duilio passa pelos torcedores da torcida organizada no hotel em Belo Horizonte. E também é xingado
Duilio passa pelos torcedores da torcida organizada no hotel em Belo Horizonte. E também é xingado Duilio passa pelos torcedores da torcida organizada no hotel em Belo Horizonte. E também é xingado

Antes que a situação registrada pelo canal Meu Timão ficasse pior, o zagueiro foi afastado por Fagner.

Gil sabe que não terá seu contrato renovado.

Aos 36 anos, recebe R$ 700 mil mensais.

Mas ele queria uma saída digna do clube, não "expulso" pelas organizadas.

Gil não passa por uma boa fase.

O uruguaio Bruno Méndez está em momento muito melhor.

Só que ele está discutindo com a diretoria sua renovação ou não de contrato. Seu compromisso termina em dezembro com o Corinthians.

Mas o ataque a Gil, que é um dos líderes e dos jogadores mais queridos do elenco, abalou ainda mais o grupo.

Daí a segurança reforçada.

Como Vanderlei Luxemburgo deu atenção às organizadas, ele segue poupado. 

Por enquanto.

Mas a campanha vexatória de nove derrotas, quatro empates e só quatro vitórias já pesa contra ele. Principalmente se o time for derrotado amanhã e mergulhar na zona de rebaixamento.

Luxa coleciona fracassos. Duilio deu sua palavra de que ele ficaria até dezembro. Está difícil manter
Luxa coleciona fracassos. Duilio deu sua palavra de que ele ficaria até dezembro. Está difícil manter Luxa coleciona fracassos. Duilio deu sua palavra de que ele ficaria até dezembro. Está difícil manter

Conselheiros não param de cobrar dirigentes ligados ao presidente Duilio Monteiro Alves. Ele tenta manter a palavra empenhada em Luxemburgo, de mantê-lo até o fim de seu mandato, em dezembro.

Só que a pressão está acima do normal.

O treinador argentino do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, é o sonho dourado da maioria dos conselheiros.

Ele já foi sondado logo após a demissão de Fernando Lázaro. E ele não quis deixar o time nordestino.

Luxemburgo promete mudanças no time que perdeu para o América.

Justamente Gil é um dos mais ameaçados de perder a posição.

Ele já havia sido ameaçado no ano passado.

E chegou até a apagar parte de fotos suas com a camisa do Corinthians nas redes sociais.

Pensou mesmo em sair, mas foi convencido a ficar até o fim deste ano.

Caso aconteça nova derrota diante do Atlético, o elenco terá ainda mais proteção.

Em Belo Horizonte e na chegada a São Paulo.

O medo das organizadas é real.

E cada vez maior.

O que aconteceu com Luan serve como parâmetro...

Confira imagens da suíte do motel em que Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.