Seleção brasileira

Cosme Rímoli Gabriel Jesus, protegido de Tite, não ficará no City, onde é mero reserva. Ida para a Copa também corre risco

Gabriel Jesus, protegido de Tite, não ficará no City, onde é mero reserva. Ida para a Copa também corre risco

Os quatro gols que o brasileiro marcou contra o penúltimo colocado do Campeonato Inglês não mudaram sua difícil situação no City. Reserva, clube inglês quer vendê-lo. O Arsenal é o principal interessado

  • Cosme Rímoli | Do R7

Gabriel Jesus. 19 partidas em jejum pela seleção. E mero reserva no Manchester City

Gabriel Jesus. 19 partidas em jejum pela seleção. E mero reserva no Manchester City

Conmebol

São Paulo, Brasil

Watford é o penúltimo colocado na Premier League.

Está a nove pontos do Burnley, primeiro time que não está na zona do rebaixamento.

Faltam apenas cinco rodadas para acabar o Campeonato Inglês.

Sua defesa é a segunda mais vazada.

Tomou 67 gols em 33 partidas.

Tem seis vitórias, quatro empates e 23 derrotas!

Pep Guardiola é um dos melhores, se não for o melhor treinador do planeta. Das 33 partidas da Premier League, ele só escalou Gabriel Jesus no início dos jogos em três vezes.

Dos dez confrontos do Manchester City na Champions League, o brasileiro só foi titular uma vez. 

Nos planos do City, Gabriel Jesus, depois de cinco anos, será negociado.

O Arsenal é o principal interessado.

Guardiola pediu o brasileiro. Mas ele não se firmou como artilheiro com que catalão sonhava

Guardiola pediu o brasileiro. Mas ele não se firmou como artilheiro com que catalão sonhava

AFP

O contrato do atacante, protegido de Tite na seleção, termina com o City em junho de 2023. O clube de Manchester não quer esperar e correr o risco de perder o jogador pelo qual pagou 32,7 milhões de euros, em 2016. Atuais R$ 169 milhões.

A imprensa internacional, principalmente a brasileira, se entusiasmou pelos quatro gols que Gabriel Jesus marcou no sábado, quando o Manchester City goleou o Watford.

Mas não afetou a convicção do clube inglês.

Guardiola é muito esperto, inteligente. Na Europa, os treinadores importantes agem como managers, ou seja, o intermediário.

E a entrevista que ele deu depois do 5 a 1, diante do penúltimo colocado do Inglês foi, na verdade, uma propaganda de Gabriel Jesus, atleta que o City quer negociar. Ele valorizou "seu produto".

"Eu já tinha dito antes que, se há uma pessoa no mundo do futebol que merece dias como este, essa pessoa é ele (Gabriel Jesus). Tenho certeza de que não há uma pessoa que o conheça que não esteja feliz por ele. Estamos muito felizes por ele, que nos ajudou muito a vencer o jogo", disse o técnico catalão.

Quatro gols no futebol moderno realmente é algo raro. Mas as circunstâncias precisam ser analisadas. A diferença técnica entre os elencos.

A negociação com Haaland está mais do que encaminhada. Ele é o  maior desejo do City

A negociação com Haaland está mais do que encaminhada. Ele é o maior desejo do City

AFP

Gabriel Jesus sabe que seu espaço no City é o de mero reserva.

Ainda mais agora que o clube acertou com o atacante dos sonhos de Guardiola.

Erling Haaland. A negociação, pelo norueguês de 21 anos, está mais do que acertada, por 75 milhões de euros, cerca de R$ 388 milhões, com o Borussia Dortmund.

Gabriel Jesus completou 25 anos há 22 dias.

Ele também não tem vida garantida na seleção, por mais que Tite o proteja. 

Surgiram Paulinho e Antony, que têm ocupado o seu lugar, canhotos pela direita, com muita vantagem para o time brasileiro.

Sua ida para a Copa não está garantida.

Ele não marca pela seleção brasileira desde 2019.

Foram 19 partidas, 11 como titulares.

Esse desempenho é assustador.

Juntando à situação real no City, o resultado é drástico.

A desvalorização do brasileiro.

Em 2018, valia 80 milhões de euros. Atualmente, de acordo com o site especializado em transferências, transfermkt, não custa mais do que 50 milhões de euros. Ou seja, 30 milhões de euros a menos, cerca de R$ 155 milhões.

O que deve facilitar sua saída.

O City foi perdendo, aos poucos, o entusiasmo com Gabriel Jesus. Não se firmou

O City foi perdendo, aos poucos, o entusiasmo com Gabriel Jesus. Não se firmou

AFP

"Estou aqui há cinco anos e pouco, vim muito jovem, com 19 anos. E tanto o clube como nós jogadores ganhamos muitos títulos. Falta a Champions, chegamos perto no ano passado, e estamos nas semifinais. Estou concentrado no fim da temporada, nestes jogos decisivos. Depois, veremos o que acontece a respeito da renovação ou fechar um ciclo", resumiu o atacante para o jornal Marca, da Espanha.

Ou seja, Gabriel Jesus sempre repetiu que ficaria no City, que "estava feliz", "Guardiola era o treinador com quem desejava trabalhar". O discurso mudou radicalmente. Ele sabe que as chances de ficar são remotíssimas. Está na lista dos negociáveis do City.

E segue reserva, não deverá jogar contra o Real Madrid, amanhã, na primeira partida semifinal da Champions League.

Quatro gols contra o penúltimo colocado do Campeonato Inglês são sempre marcantes.

Mas não têm força para mudar destino de jogador algum.

A relação entre Gabriel Jesus e Manchester City está no fim...

Rayssa Leal se torna a mais jovem medalhista dos X-Games; veja 7 destaques

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas