Cosme Rímoli Irritado, Gabigol começa 2024 como mero reserva. Clima tenso com Tite continua. Para enorme preocupação da direção do Flamengo

Irritado, Gabigol começa 2024 como mero reserva. Clima tenso com Tite continua. Para enorme preocupação da direção do Flamengo

O maior ídolo do Flamengo segue irritado, como acabou 2023. Na estreia do Carioca, hoje, em Manaus, será reserva de Pedro. Contrato vai até dezembro. Em junho poderá assinar pré-contrato com qualquer outro clube

  • Cosme Rímoli | Do R7

Pela primeira vez, nos cinco anos de Flamengo, Gabigol começa o ano na reserva. Clima tenso com Tite

Pela primeira vez, nos cinco anos de Flamengo, Gabigol começa o ano na reserva. Clima tenso com Tite

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Ele segue como o maior ídolo do Flamengo

Em Manaus, onde o time fará estranha estreia no Campeonato Carioca, contra o Audax, foi o mais assediado pelos torcedores, ávidos por uma fotografia, autógrafo, um sorriso.

Difícil imaginar que os torcedores manauaras se espremiam por um contato com o mero reserva.

Pela primeira vez nos seus cinco anos de Flamengo, Gabigol começa a temporada sendo um mero atleta que ficará no banco.

Ele apelou para uma expressão 'moderna' para resumir o que sente.

Não está 'suave' com a reserva.

"Quase todos os jogadores começaram com Tite e eu não.

"Falei para ele que não estou suave. Quero jogar, mas não é um pensamento individualista. Quero ter mais oportunidades", disse a um podcast, durante as férias.

A situação de Gabigol não está 'suave' para ele e nem para o Flamengo.

O jogador sabe muito bem que não conta com a simpatia de Tite. O treinador é uma pessoa muito vingativa. E não se esqueceu que o atacante regeu um coro de torcedores mandando o técnico se fo..., na comemoração da Libertadores de 2022. Era o troco por não ter sido chamado para a Copa do Catar.

O atacante nunca o perdoou por ter sido injusto e não tê-lo levado para o último Mundial.

Gabigol jamais imaginaria que o Flamengo contrataria o treinador.

Além de não ter Tite como aliado, enfrenta Pedro em ótima fase.

A situação do Flamengo não está 'suave' porque o contrato do atacante termina no final deste ano.

Em junho, seis meses do prazo final, a legislação permite que ele assine um pré-contrato, com qualquer outra equipe, e vá, em janeiro de 2025, sem render um centavo ao Flamengo.

O 'interesse' do Corinthians no jogador, que recebe R$ 2,1 milhões por mês, e tem multa surreal para clubes brasileiros, R$ 700 milhões, nunca foi levado a sério pela direção rubro-negra.

Ele custou R$ 95 milhões ao Flamengo, entre compra e intermediação.

Mas retribuiu à altura.

Foi protagonista em duas conquistas de Libertadores.

Dois Brasileiros.

Uma Copa do Brasil.

Duas Supercopas do Brasil.

Uma Recopa.

Três Cariocas.

Fez 153 gols.

Tudo isso não conta para Tite.

Ele o enxerga como reserva de Pedro.

Gabigol e Tite. Relação fria. Treinador não esqueceu as ofensas do atacante, que virou mero reserva

Gabigol e Tite. Relação fria. Treinador não esqueceu as ofensas do atacante, que virou mero reserva

Flamengo

E, ao contrário de Dorival Junior, nem pensa em escalar os dois juntos como titulares.

A resposta de Gabigol foi voltar antes do elenco e treinar muito forte. Porque terminou a temporada desanimado, abatido com o tratamento frio que recebe de Tite.

As negociações de renovação do seu contrato foram paralisadas.

Não tinha sentido dar aumento ao jogador que enfrentava a reserva com birra, irritado, tenso.

E improdutivo.

Seu último gol foi em agosto, de pênalti, contra o Coritiba, sacramentando o maior jejum de sua trajetória no Flamengo.

Tite deixou bem claro o seu resumo da situação.

Depende de Gabigol, ele que prove ser melhor que Pedro nos treinamentos.

O Flamengo começa 2024 com um impasse que promete ter muita repercussão.

Sem a garantia nenhuma de final feliz.

O jogador de 27 anos ainda tem muito mercado.

Ainda mais se estiver dono dos seus direitos.

A direção do Flamengo vai esperar estes primeiros meses de 2024.

Se surgir algo novo.

Como uma proposta do exterior para Pedro, por exemplo.

Gabigol promete que independentemente de jogar ou não, focará 'como nunca' na carreira.

Deixará de lado Lil Gabi, seu alter ego como cantor.

E investir tudo o que puder no seu lado atleta.

A direção do Flamengo não quer perder dinheiro, lógico.

Se ele seguir como um descontente reserva, será negociado no meio do ano.

Seja para que clube for.

Para buscar ter o mínimo de prejuízo.

Esse é o preço de juntar Tite e Gabigol...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas