Cosme Rímoli Flamengo se cansou da instabilidade de Hugo e Diego Alves. Contratou Santos, do Athletico. Será seu titular absoluto

Flamengo se cansou da instabilidade de Hugo e Diego Alves. Contratou Santos, do Athletico. Será seu titular absoluto

Com a bênção de Paulo Sousa, que não aprovou Diego Alves e Hugo, o Flamengo cedeu. E pagou a multa rescisória de Santos, goleiro campeão olímpico e bicampeão da Sul-Americana, ao Athletico

  • Cosme Rímoli | Do R7

Santos, 32 anos, campeão olímpico. Goleiro sóbrio, seguro. Contrato de quatro anos com o Fla

Santos, 32 anos, campeão olímpico. Goleiro sóbrio, seguro. Contrato de quatro anos com o Fla

Athletico

São Paulo, Brasil

A gota d'água foi a derrota para o Fluminense, na primeira partida das finais do Carioca, por 2 a 0.

Paulo Sousa reiterou aos dirigentes que o primeiro passo para o Flamengo aspirar vencer a Libertadores, prioridade em 2022, é contratar um goleiro.

O treinador português não confiava mais em Diego Alves e em Hugo. 

Simples, direto e objetivo, ele indicou o goleiro do Athletico, Santos. E também sugeriu o arqueiro do Santos, João Paulo. Mas a prioridade era o do clube do Paraná.

A multa rescisória de Santos era de 3 milhões de euros, cerca de R$ 15,8 milhões. O Flamengo chegou a até 2,5 milhões de euros, R$ 13,2 milhões. O homem que domina o futebol do Athletico, Mauro Celso Petraglia, não cedeu por semanas. Ou o clube carioca pagaria a multa integral ou nada feito. O contrato iria até o final de 2023.

Iria.

Porque a direção do Flamengo, pressionada pela derrota para o Fluminense e pelo prazo das inscrições para a fase de grupo das Libertadores, que termina amanhã, dia 2, decidiu pagar o que o Athletico exigia.

E contratou Santos.

Diego Alves e Hugo acumularam falhas. Perderam a confiança da diretoria e de Paulo Sousa

Diego Alves e Hugo acumularam falhas. Perderam a confiança da diretoria e de Paulo Sousa

Marcelo Cortes/Flamengo

O goleiro já havia acertado com a direção do clube carioca. E pedia há semanas para ser negociado. Ele assinará contrato de quatro anos.

O paraibano, que começou a carreira no Porto, de Pernambuco, ficou 12 anos como profissional do Athletico. Ganhou duas Copas Sul-Americanas, uma Copa do Brasil. Dois campeonatos paranaenses. E conquistou a medalha de ouro olímpica, em Tóquio, no ano passado.

Passou a ser o quarto goleiro de Tite, na Seleção Brasileira.

Ele chega à Gávea com moral para ser titular absoluto.

Caberá a Paulo Sousa decidir se Diego Alves ou Hugo será negociado. Há a possibilidade de serem os dois, tamanha a falta de confiança nos atuais goleiros flamenguistas.

Há um clima de euforia na direção do clube carioca com a contratação.

Por outro lado, há apreensão entre os jogadores.

Diego Alves e Hugo são atletas 'muito queridos' pelos companheiros.

Mas a direção se cansou da instabilidade dos dois.

Assim como Paulo Sousa...

Salah e Ibra de fora: veja craques que não têm mais chances de ir à Copa do Mundo

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas