Cosme Rímoli "Estou nas nuvens. Sonhando." Daniel Alves, 41 vezes campeão

"Estou nas nuvens. Sonhando." Daniel Alves, 41 vezes campeão

Daniel Alves só não entrou em campo por um estiramento no joelho. Mas foi fundamental na conquista do Paulista. "Estou vivendo um sonho de criança"

  • Cosme Rímoli | Do R7

São Paulo, Brasil

Seleção Brasileira

Copas das Confederações (2009 e 2013)

Copas América (2007 e 2019)

Bahia 

Copa Nordeste (2002)

Sevilla

Copas da Uefa (2006 e 2007),  Supercopa Europeia (2006), Copa do Rei da Espanha (2007) Supercopa Espanhola (2007)

Barcelona

Mundiais de Clubes da Fifa (2009, 2011 e 2015) Ligas dos Campões da Europa (2009, 2011 e 2015), Supercopas Europeias (2009, 2011 e 2016), Campeonatos Espanhóis (2009, 2010, 2011, 2013, 2015 e 2016)

Copas do Rei da Espanha (2009, 2012, 2015 e 2016),4 Supercopas Espanholas (2009, 2010, 2011 e 2013)

Juventus

Campeonato Italiano (2017), Copa da Itália (2017)

Paris Saint-Germain

Campeonatos Franceses (2018 e 2019), Copa da França (2018), Copa da Liga da França (2018), Supercopa Francesa (2017)

Mas foi hoje, sem poder entrar em campo, por conta do estiramento no ligamento do joelho direito que, Daniel Alves, pôde comemorar seu mais saboroso título. O de campeão paulista, com a camisa que sempre amou, desde criança, na Bahia.

"Eu me tornei jogador por causa do São Paulo. Estou nas nuvens agora mesmo, apesar de ter conquistado outras tantas coisas. Eu só sonhava em jogar aqui. Não tinha outro sonho. Era jogar aqui e ser campeão aqui.

"Eu estou muito feliz. A emoção você não pode conter, porque é difícil.

"Isso é um sonho", dizia, aos 38 anos, mas entusiasmado como um garoto.

"É diferente pelo simples fato de que é com o time do coração. Quando é com o time do coração entram outras coisas além do trabalho e da dedicação", tentava descrever.

Daniel Alves sabia que não jogaria desde a quarta-feira, ao sair aos 31 minutos do primeiro tempo, da primeira partida contra o Palmeiras.

Daniel Alves havia prometido que faria o São Paulo outra vez campeão. Cumpriu

Daniel Alves havia prometido que faria o São Paulo outra vez campeão. Cumpriu

Rubens Chiri/São Paulo

Desde então, ele fez tratamento intensivo, já pensando na apresentação na Seleção Brasileira, do que na decisão de hoje.

Mas como líder do São Paulo, fez questão de estar ao lado dos seus companheiros. Apoiando o técnico Crespo na concentração. Animando a todos no desejo de ser campeão.

Estava também aliviado.

Ele foi muito cobrado desde que foi contratado, em agosto de 2019.

Os fracassos do time recaiam no jogador experiente e caríssimo.

Seu salário é de R$ 1,5 milhão por mês.

Mas ele não se abalou e prometeu que seria campeão com o São Paulo.

Crespo chegou e o colocou no lugar onde mais rende.

E não queria mais atuar.

Na lateral direita.

Foi melhor para o São Paulo e para ele.

Daniel Alves tem o direito de 'estar nas nuvens'.

E sonhar com a Copa do Mundo no Catar...

Últimas