Cosme Rímoli Enquanto Felipe Melo tem festa de despedida, Palmeiras busca reforços indicados por Abel Ferreira

Enquanto Felipe Melo tem festa de despedida, Palmeiras busca reforços indicados por Abel Ferreira

A Mancha Verde, principal torcida organizada do Palmeiras, fará festa de despedida para Felipe Melo. Já o executivo Anderson Barros busca reforços pedidos por Abel Ferreira

  • Cosme Rímoli | Do R7

Felipe Melo terá direito a uma despedida especial. Festa da Mancha Verde, na sexta-feira

Felipe Melo terá direito a uma despedida especial. Festa da Mancha Verde, na sexta-feira

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

A identificação entre Felipe Melo e a torcida do Palmeiras é enorme.

Nas redes sociais, a lamentação pela não renovação de contrato segue grande.

E o jogador de 38 anos, marcado pela personalidade forte, terá uma despedida para poucos.

A principal organizada do Palmeiras, a Mancha Verde, fará uma festa na sexta-feira, à tarde, na sua quadra.

O jogador será homenageado.

Enquanto finaliza a negociação com o Fluminense, o jogador confirma que gostaria de ter seguido no Palmeiras.

Abel Ferreira deve firmar Gustavo Gómez como novo capitão do time, depois da saída de Felipe Melo.

Cada vez fica mais claro que a pressão do atual presidente, Mauricio Galiotte, foi a responsável pela não renovação do volante.

A nova presidente, Leila Pereira, que assumirá daqui uma semana, não quis ser ingrata com o dirigente que a apoiou politicamente para ser eleita por aclamação, sem candidato de oposição.

Enquanto isso, Anderson Barros busca reforços.

Abel Ferreira, dando cada vez mais indicação que ficará, já passou a lista de atletas que gostaria ter para 2022. Para o Mundial de Clubes só poderão ser contratados jogadores do mercado nacional, já que a janela para quem atua no Exterior só será aberta em fevereiro. E o Mundial exige a lista de atletas no dia 3 de janeiro.

Ela não terá Felipe Melo...

Grêmio chega à última rodada com 97,5% de chance de rebaixamento

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas