Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Rompimento à vista. Douglas Costa quis festejar o seu casamento ontem. Grêmio disse 'não'

O jogador, que recebe R$ 1,5 milhão por mês, mesmo com o clube desesperadamente ameaçado de rebaixamento, tinha combinado festa no Copacabana Palace, no Rio. Diretoria gremista não deixou o meia-atacante ir

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Douglas Costa queria festejar o casamento ontem à noite no Copacabana Palace. Grêmio disse 'não'
Douglas Costa queria festejar o casamento ontem à noite no Copacabana Palace. Grêmio disse 'não'

São Paulo, Brasil

Situação surreal.

Douglas Costa, mesmo sabendo que o Grêmio está mais do que ameaçado de rebaixamento, precisando desesperadamente ganhar do Atlético Mineiro amanhã, em Porto Alegre, se irritou.

Ele queria a licença da diretoria para festejar seu casamento, na noite de ontem, no Copacabana Palace, Rio de Janeiro. A diretoria gremista foi firme. Não autorizou. A celebração teria até a animação do grupo Sorriso Maroto. O local estava reservado. Amigos e parentes do jogador e da noiva iriam para o luxuoso hotel.

Publicidade

Mas tudo teve de ser cancelado.

O jogador, que recebe R$ 1,5 milhão por mês, já tinha sido liberado por cinco dias para se casar na República Dominicana, já havia sido supenso de forma infantil da partida contra o Corinthians, tomado cartão amarelo por querer fazer cera contra o São Paulo. Ao se recusar a sair pela linha de fundo e forçar a saída pela lateral, foi advertido pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio.

Publicidade

Inúmeros torcedores gremistas ficaram revoltados.

E o jogador xingou aqueles que o criticavam.

Desta vez, depois de ter sido impedido de festejar o próprio casamento na noite de terça-feira, dois dias antes do jogo fundamental contra o Atlético Mineiro, Douglas Costa simplesmente tirou todas as fotos dele com a camisa do Grêmio das suas redes sociais.

O que é um péssimo sinal.

Tanto o jogador quanto o clube sabem que ele não ficará se houver o rebaixamento.

O Grêmio não continuaria pagando R$ 1,5 milhão por mês a um jogador na Segunda Divisão.

Daí a explicação para a postura do meia-atacante, de acordo com torcedores nas redes sociais.

A verdade é que Diego Costa e Grêmio estão à beira do rompimento.

A volta do jogador não compensou...

Grêmio chega à última rodada com 97,5% de risco de rebaixamento

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.