Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Endrick mostra que Abel estava certo ao não levá-lo ao Mundial. Técnico percebeu a imaturidade. E vai preservá-lo para 2023

O jogador de R$ 306 milhões tem buscado em Abel Ferreira o apoio. Está se cobrando de forma exagerada, por estar atuando mal. O técnico o ampara e resguarda para 2023. Endrick está muito imaturo

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Endrick encontrou todo o apoio de Abel. Suporte é fundamental, diante de tanta expectativa
Endrick encontrou todo o apoio de Abel. Suporte é fundamental, diante de tanta expectativa

São Paulo, Brasil

"A fase [ruim] chega para todos nós, é difícil… Eu sou meu maior crítico, todo mundo sabe. Então, eu sigo trabalhando para melhorar tudo que eu tenha a melhorar. Creio que não está bom nada, creio que não estou apresentando o meu melhor futebol, as expectativas em cima de mim são grandes, né? Tem o peso, mas eu não ligo."

"Eu sou uma pessoa normal, como todos, e tenho que trabalhar ainda mais, que é isso que eu preciso. Como já falei, não estou apresentando meu melhor futebol, mas vou trabalhar ainda mais para superar as expectativas."

O desabafo de Endrick, depois da derrota do Palmeiras diante da Portuguesa, por 2 a 1, no Paulista Sub-20, repercutiu no clube.

Publicidade

Está claro para Abel Ferreira e sua comissão técnica que o atacante de 16 anos, que se profissionalizou no mês passado, está sentindo a pressão. Mostrando que ainda não está preparado para as cobranças. A expectativa quanto ao seu futebol, na equipe principal, segue enorme.

Seu desempenho nos treinamentos da equipe principal já estava muito aquém, diante do espetacular futebol que mostrou nos últimos anos, jogando pela base palmeirense.

Publicidade

O que está acontecendo só dá razão a Abel Ferreira. Ele já havia avisado à presidente Leila Pereira que era preciso ter muito cuidado com a transição de Endrick de amador para profissional.

Conselheiros se lembraram da folclórica reação do treinador português quando foi indagado se Endrick disputaria o Mundial de Clubes em fevereiro, há seis meses.

"Nós [Palmeiras] vamos para o Mundial. Se o clube achar por bem comprar uma passagem para a Disneylândia para ele [Endrick] e a família... É o que ele precisa. Tem 15 anos, ainda é um garoto. Gosto de dar tempo ao tempo a esses jogadores."

No clube não houve quem acreditasse que Abel Ferreira iria cumprir sua promessa. Não teria como "conter o atacante", que foi a grande estrela na primeira conquista da Copa São Paulo pelo Palmeiras.

Endrick não está conseguindo jogar bem no sub-20. Nem ir bem nos treinos com os profissionais
Endrick não está conseguindo jogar bem no sub-20. Nem ir bem nos treinos com os profissionais

Endrick teve de se controlar.

Ele mantinha mínima esperança de ir ao Mundial.

Irônico, o jogador foi para a Disney. Mas para o parque europeu, que fica na França. Ele aproveitou e visitou o PSG e ainda o Barcelona e o Real Madrid.

Lógico que seu estafe fez contato com esses clubes europeus. O atacante palmeirense é apontado como um dos jovens sul-americanos mais talentosos.

O Palmeiras perdeu o Mundial de Clubes de 2022 para o Chelsea.

Leia também

Endrick cumpriu sua palavra e não assinou contrato com nenhuma equipe da Europa. Fechou o primeiro contrato profissional com o Palmeiras, ao completar 16 anos. De três anos. Com multa rescisória de 60 milhões de euros, cerca de R$ 306 milhões.

Errou feio quem apostava que Abel Ferreira não só iria juntar o atleta aos treinos dos profissionais do Palmeiras como o colocaria em campo.

Nada disso.

Desde julho Endrick treina, às vezes, com o profissional. Outras vezes, com a equipe sub-20. Jogar, só com o time de base.

O atacante confirmou, ainda após a derrota para a Portuguesa, que tem conversado muito com o atual técnico bicampeão da Libertadores.

"Ele falou para eu manter a minha cabeça [no lugar], porque sou um garoto trabalhador, e é para eu continuar trabalhando…"

"Mas, de resto, creio que não pode sair do pessoal. A conversa entre eu e ele [Abel] é no sigilo, mas, como vocês sabem, eu sou um garoto trabalhador e não posso deixar subir para a cabeça. É manter os meus pés no chão, que Deus vai abençoar eu, o Abel e todos os meus companheiros do Palmeiras."

O que Endrick não quis revelar é que Abel Ferreira insistiu para que o jogador tivesse paciência. E que precisava ganhar vivência, experiência. Fugindo do risco de "acabar queimado", com lançamento precoce no time principal.

A consideração com que o treinador o tratou, em várias conversas particulares, é um dos grandes fatores para que Endrick esteja se mostrando paciente, consciente de que deverá esperar até a próxima temporada. E para que, em 2023, como já publicou o blog, sua entrada no time seja mais constante.

O mais importante é que Endrick está sendo protegido psicologicamente pelo próprio Abel. Para que não se obrigue a atuações sensacionais todas as vezes que entrar em campo pelo sub-20 ou treinando.

O tempo provou.

Abel Ferreira estava mais do que certo no Mundial.

Embora muito talentoso, Endrick, aos 16 anos, ainda é um garoto.

E totalmente inexperiente, imaturo, como é comum na idade...

Ex-seleção brasileira vive em mansão próxima a artistas badalados em Los Angeles

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.