Cosme Rímoli Cuca domou o ego de Hulk. E do elenco de R$ 140 milhões do Atlético

Cuca domou o ego de Hulk. E do elenco de R$ 140 milhões do Atlético

Clube mineiro goleou ontem o Deportivo La Guaira, por 4 a 0. E é o primeiro na classificação geral de grupos na Libertadores. Conseguiu a vantagem de decidir os jogos do mata-mata em casa

  • Cosme Rímoli | Do R7

Cuca no ar. Levantado pelo elenco de R$ 140 milhões. Primeira colocação geral na Libertadores

Cuca no ar. Levantado pelo elenco de R$ 140 milhões. Primeira colocação geral na Libertadores

Pedro Souza/Atlético

São Paulo, Brasil

"Na temporada passada, com o Santos, nós também trouxemos o segundo jogo com a LDU para casa, ainda que tenhamos perdido; trouxemos o segundo jogo com o Grêmio para casa; e trouxemos o segundo jogo com o Boca para casa.

"E deu certo, mesmo sem torcida. É uma pequena vantagem, mas é uma vantagem. Às vezes, faz a diferença

"Tem River, São Paulo e outros que podem se classificar em segundo. Isso é uma pequena vantagem que você tem, de trazer o segundo jogo para casa. Para isso, a gente fez uma primeira etapa muito boa."

Essa foi a contida comemoração de Cuca.

Mas, na verdade, ele conseguiu um feito invejável ontem no Mineirão. Fez com que o Atlético, extremamente ofensivo, goleasse o Deportivo La Guaira por 4 a 0. E terminasse a fase de classificação da Libertadores na primeira colocação.

A posição é muito importante. Porque garante ao Atlético a vantagem de decidir em casa os jogos eliminatórios até a semifinal da competição. A final será em jogo único em Montevidéu.

Cuca conseguiu pela terceira vez esse feito. A primeira foi com o Cruzeiro em 2011, com o Cruzeiro. A segunda foi com o próprio Atlético, em 2013, quando foi campeão. E na Libertadores de 2020, foi o segundo colocado na geral, com o limitado Santos.

"O Atlético está uma equipe equilibrada. Atribuo ao equilíbrio. No geral, temos uma posse de bola maior do que o adversário. E não temos tomado gol. O que é importante para o equilíbrio", disse o treinador.

Seu time chegou a 16 pontos, com cinco vitórias e um empate.

O Atlético marcou 15 gols e só sofreu três.

Foi campeão mineiro no domingo e ontem garantiu o primeiro lugar na classificação geral.

Cuca conseguiu, depois de um início tumultuado, difícil de trabalho, a união no elenco de R$ 140 milhões que o Atlético montou.

Foi fundamental o acordo de paz entre ele e Hulk.

O jogador mais midiático do elenco estava irritado por jogar pouco.

"Queria estar no meu melhor nível. Não é só fisicamente, precisa de confiança, minutos jogados e não estou tento isso. Preciso de jogos, ritmo e confiança para apresentar meu melhor futebol. Desde que o professor Cuca chegou não tive uma sequência de três ou quatro jogos seguidos", reclamou o atacante, logo após a partida contra o Athletic, pelo Mineiro.

Era o dia 24 de abril. Há um mês e dois dias.

Depois dessa reclamação pública, houve uma conversa entre o técnico e o jogador. Cuca deixou claro que Hulk precisava melhorar fisicamente, já que os treinos na China são muito mais leves que no Brasil. E que também tinha de respeitar os companheiros que estavam sendo escolhidos como titulares. Além de respeitar a sua decisão sobre quem é titular ou não.

Hulk entendeu o ato egoísta. Pediu desculpas publicamente ao treinador.

E tudo mudou no Atlético.

Cuca e Hulk selaram a paz. E desde então, o futebol do Atlético fluiu

Cuca e Hulk selaram a paz. E desde então, o futebol do Atlético fluiu

Pedro Souza/Atlético

Com Hulk mais leve, mais magro, mais ágil, ele se firmou como titular.

Cuca o deixa atuar à vontade, não fixo entre os zagueiros, como no início do trabalho dos dois.

E o atacante se tornou ontem artilheiro da Libertadores, com seis gols. Com a média de um gol por jogo.

Cuca também tratou de permitir a Nacho Fernández seja o cérebro do time, com liberdade para atuar como fazia no River Plate, articulado os ataques atleticanos.

Savarino também está cada vez melhor, se movimentando, abrindo espaços e servindo principalmente Hulk.

Cuca tem sido inteligente ao fazer prevalecer o jogo coletivo.

Ele sabe que tem um elenco muito forte e com jogadores importantes. Ele tem dado chances a todos jogadores mais importantes e caros, que a direção contratou.

Marrony marcou o segundo gol do Atlético, na goleada de ontem. Vai ser pai

Marrony marcou o segundo gol do Atlético, na goleada de ontem. Vai ser pai

Yuri Edmundo/EFE 25.05.21

Everson; Guga, Rabello, Alonso e Arana; Allan (Hyoran), Tchê Tchê (Zaracho), Nacho (Nathan), Savarino (Vargas), Marrony (Sasha) e Hulk. Esses foram os jogadores que golearam ontem.

Cuca conseguiu.

Montou uma equipe competitiva.

Com esquema moderno, usando muito o lado físico, a intensidade.

Mas, o mais importante, conseguiu domar os egos.

O Atlético tem elenco muito forte.

E com os atletas unidos, mostrou o melhor futebol nesta fase de grupos.

Merece a melhor campanha.

Chega muito forte na fase eliminatória.

Venha o adversário que vier.

E com a grande vantagem de decidir em casa...

Dono do City tem iate de R$ 3 bi, é sócio da Ferrari e amigo de DiCaprio

Últimas