Cosme Rímoli CR7 e Mbappé travados. Richarlison pode sonhar com o Real

CR7 e Mbappé travados. Richarlison pode sonhar com o Real

O Real Madrid fechou as portas para a volta de Cristiano Ronaldo. Assim como o PSG não vai contratá-lo. Nem liberar Mbappé ao PSG. A esperança de Richarlison ir para o Real, por conta de Ancelotti, se tornou grande

  • Cosme Rímoli | Do R7

Cristiano Ronaldo não quer seguir na Juventus. Real e PSG têm as portas fechadas

Cristiano Ronaldo não quer seguir na Juventus. Real e PSG têm as portas fechadas

MARCO BERTORELLO / AFP

São Paulo, Brasil

"Cristiano é uma lenda do Real Madrid.

"E tem todo o meu carinho e respeito.

"Nunca pensei em contratá-lo.

"Seguimos em frente."

A mensagem direta, dura de Carlo Ancelotti foi necessária. Embora muito próximo de Cristiano Ronaldo, e sabendo tudo o que ele ainda poderia trazer de volta ao Real Madrid, o treinador teve pela frente o presidente Florentino Perez, inimigo número um do português.

Responsável pela saída do jogador, depois de uma histórica discussão por aumento de salário, que acabou com o desafio ao atacante e ao seu agente Jorge Mendes: se levassem ao Real Madrid um clube disposto a pagar 100 milhões de euros, atuais R$ 618 milhões, ele o liberaria. 

Foi assim que ele partiu para a Juventus, em 2018.

Acabou sendo um erro para os dois lados. Os times italianos têm exceções que buscam o ataque, mas sua maioria, principalmente os médios e pequenos quando enfrentam a Juventus, aplicam sistemas defensivos intensos, com linhas baixas que atormentam os atacantes. Bem ao contrário dos times médios e menores na Espanha.

E o tempo passou também para Cristiano Ronaldo. Aos 36 anos, por mais que se cuide, não tem mais a mesma explosão muscular e resistência de dez anos atrás, seu auge.

O Real Madrid também segue perdido nos três últimos anos, buscando jogadores decisivos, carismáticos, midiáticos como CR7. Não achou.

Mas Florentino Perez não é fã de filmes de reconciliação. Não aceita que Cristiano Ronaldo volte a pisar na Cidade Deportiva Real Madrid, fabuloso CT do clube.

Cristiano Ronaldo está descontente na Juventus. O PSG seria uma opção. Mas a chegada repentina de Messi e, principalmente, a permanência de Mbappé nesta temporada, inviabilizaram sua contratação.

Ancelotti e Richarlison. A parceria foi ótima no Everton. O treinador quer o jogador

Ancelotti e Richarlison. A parceria foi ótima no Everton. O treinador quer o jogador

Reprodução/Twitter Everton

Jorge Mendes foca o Manchester City de Guardiola. Se a difícil negociação com Harry Kane, do Tottenham não der certo, o horizonte ficaria mais claro. Sim, Cristiano Ronaldo é segunda opção. Pela idade e por seu alto salário. 

São 30 milhões de euros por ano. Cerca de R$ 185 milhões. Cerca de R$ 15 milhões por mês. O Manchester United, onde fez história, também não se anima.

A carreira do melhor do mundo por cinco vezes está truncada, vive momento de definição.

A diretoria do PSG também está empenhada em apostar alto para segurar Mbappé. O atacante francês tem contrato vencendo em 2022. Pode sair sem render um euro no ano que vem. E ir atuar no Real Madrid, como deixa claro ser seu sonho. Ou o clube francês ter uma compensação e ele ir embora agora.

Só que a postura da família real catari, dona do PSG, é manter o jogador. Apostando que ele se deslumbrará ao atuar com Messi e Neymar. E aceitará renovar o contrato em 2022.

Todo esse cenário beneficia um brasileiro.

Richarlison.

Ele tem grande esperança, ainda nesta janela, de ir para o Real Madrid. Seu grande trunfo é Carlo Ancelotti. Os dois trabalharam muito bem no Everton. E o técnico italiano gostaria de ter o jogador. Florentino Perez o deixou como opção. Por acreditar que Mbappé conseguiria convencer a cúpula do Real Madrid a permitir sua saída.

O francês deseja ser a grade estrela de um gigante europeu. Mas ele sabe que não dá para concorrer com Messi.

Mbappé quer ir para o Real. Mas o PSG deseja segurá-lo esta temporada. Com Messi e Neymar

Mbappé quer ir para o Real. Mas o PSG deseja segurá-lo esta temporada. Com Messi e Neymar

REUTERS/Sarah Meyssonnier - 14.8.2021

Richarlison acompanha tudo calado, no Everton.

Ele sabe que foi muito bem na Olimpíada de Tóquio.

A medalha de ouro foi explorada à exaustão pelo jogador.

Pelas redes sociais, fez toda propaganda possível.

Seus agentes Renato Velasco e Lucca Bertolucci (filho de Giuliano Bertolucci) seguem atento à movimentação do mercado. As próximas duas semanas serão decisivas.

A janela de transferência para a Espanha, Itália, Inglaterra e Alemanha se fecha no dia 31. Só a França espera mai. Vai até 20 de setembro.

Enquanto isso, Richarlison faz sua obrigação.

Treina muito e segue jogando bem pelo Everton.

Mas esperançoso.

Conferindo seu celular todos os dias.

Procurando uma ligação de Ancelotti...

Gremistas na lista: boleiros desrespeitam protocolos em festas

Últimas