Cosme Rímoli Confiante, Neymar platina os cabelos. Pronto para chamar a atenção do mundo na Copa do Catar. Para que esqueçam seu tornozelo

Confiante, Neymar platina os cabelos. Pronto para chamar a atenção do mundo na Copa do Catar. Para que esqueçam seu tornozelo

Neymar repete o que fez na Copa da Rússia. Pinta seus cabelos de loiro. Como aprendeu com Ronaldo. Para que todos se esqueçam de sua lesão. Mas, além disso, a confiança do camisa 10 do Brasil voltou

  • Cosme Rímoli | Do R7

Neymar platinou seus cabelos novamente. Empolgação e desvio do foco no tornozelo

Neymar platinou seus cabelos novamente. Empolgação e desvio do foco no tornozelo

Reprodução/Instagram

Doha, Catar

"O brabo de visual novo para o retorno, vai com tudo irmão #ousadia @neymarjr."

"Que Deus abençoe você e a nossa seleção."

Nariko, apelido de Dailson dos Reis, postou a foto e fez a revelação da volta do cabelo platinado de Neymar.

Foi o mesmo cabeleireiro, que começou trabalhando na periferia de São Vicente, litoral de São Paulo, e hoje trabalha em Paris e cobra 40 euros, cerca de R$ 219, o corte, quem o atacante convocou para ir à concentração brasileira. E o chamou para repetir o que fez na Rússia. 

Jogar a Copa do Mundo com o cabelo loiro.

Disputar a atenção da mídia do mundo com Mbappé e Messi, os dois "nomes da Copa" até agora.

Quem conhece Neymar sabe: desde garoto ele gosta de mudar seu visual. E o cabelo é alo predileto. Já teve cabelo moicano; fez topete; deixou mullet, como cantores sertanejos; tentou até deixar dreadlocks, as mechas usadas por rastafáris.

 É algo de sua personalidade. 

Quando está alegre, confiante e midiático, chama atenção dele ele com o visual. Além de ficar feliz, mais motivado, sabe que agrada aos seus mais de 240 milhões de seguidores nas redes sociais.

Só que também há algo de estratégico na pintura do cabelo. E que aprendeu com Ronaldo Fenômeno, na Copa de 2018. O visual de um jogador, tão importante quanto ele, desvia o foco de uma contusão.

Havia sérias dúvidas se Ronaldo conseguiria jogar a Copa de 2002 até o fim. Ele tinha grave problema no joelho direito. Eu estava no Japão, e um dos principais focos da cobertura dos jornalistas era se ele aguentaria disputar o Mundial. 

E ele decidiu, antes da semifinal contra a Turquia, radicalizar.

Cortou com aparelho de barbear seu cabelo. Só deixou a frente. Igual ao personagem do cartunista Mauricio de Sousa, Cascão.

O corte foi copiado por milhares de crianças no Brasil.

A explicação, nas palavras do próprio Ronaldo.

"Estava com problema no meu joelho. Não queria falar sobre o assunto, então cortei meu cabelo. Eu vi meus companheiros de equipe e perguntei a eles: 'Vocês gostaram?'

"Eles disseram: 'Não, é horrível! Pare com isso'. Mas os jornalistas viram meu corte de cabelo e esqueceram a lesão."

Neymar usou o cabelo platinado em 2018. Desviou o foco da segunda fratura no pé direito

Neymar usou o cabelo platinado em 2018. Desviou o foco da segunda fratura no pé direito

Reprodução/Twitter World Cup 2018

 Ronaldo orientou Neymar no início de sua carreira, até que o pai do jogador decidiu que ele mesmo seria o empresário do filho.

Mas algumas lições de Ronaldo Neymar leva para a vida.

Na Copa da Rússia, ele vinha da segunda fratura no mesmo osso do pé direito, o quinto metatarso. E tratou também de platinar o cabelo. Mudar o visual acabou por hipnotizar a grande mídia. Para se proteger das pancadas, ele exagerou nas simulações, que não convenceram o mundo.

Aqui no Catar, ele teve uma grave lesão no tornozelo direito. Rompeu o ligamento quando Gudelj, da Sérvia, caiu sobre sua perna. Ainda ficou 11 minutos em campo, participou dos dois gols na vitória por 2 a 0. Mas teve de ser substituído, com o tornozelo inchado. 

Só hoje, 11 dias depois, estará em campo.

Platinar o cabelo como fez há quatro anos e meio tem também a função de desviar a atenção do noticiário. Será manchete em todos os portais. Estará nas matérias das televisões antes do jogo contra a Coreia do Sul, às 16h.

O seu tornozelo direito, que mal se recuperou da entorse, será deixado de lado.

A boa notícia é a recuperação da confiança de Neymar.

Está alegre, aliviado.

Porque havia dúvidas se ele conseguiria se recuperar a tempo de jogar o restante da Copa.

Mas estará aqui em Doha, no estádio 974, às 16h (horário de Brasília), para a disputa das oitavas de final contra a Coreia do Sul. 

Empolgado e platinado.

Chamando a atenção do mundo.

Como adora...

Isso porque a bebida é proibida: os torcedores mais animados da Copa

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas