Como o blog antecipou em outubro, Jadson fora. Assim como Ralf

Tiago Nunes vai montar um time que será a antítese de Fábio Carille. Jadson, Ralf e Renê Júnior foram avisados. Não jogam mais no Corinthians

Ralf e Jadson fora do Corinthians. Tiago Nunes quer mais velocidade, intensidade

Ralf e Jadson fora do Corinthians. Tiago Nunes quer mais velocidade, intensidade

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

No dia 7 de outubro de 2019, o blog antecipou.

Jadson não ficaria no Corinthians em 2020.

Decisão tomada mesmo antes da contratação de Tiago Nunes.

A assessoria do jogador mandou mensagens para o jornalista, garantindo que ele ficaria.

Porque tinha contrato até o final de 2020.

No dia 20 de novembro de 2019, o blog reafirmou a informação.

E foi além, detalhou que, na conversa entre Tiago Nunes e Andrés Sanchez, o perfil do time seria completamente mudado.

Hoje, 6 de janeiro de 2020, a confirmação.

Jadson foi dispensado do clube, liberado sumariamente para procurar outro clube para jogar. 

Não há lugar para ele no Corinthians de Tiago Nunes, como o blog antecipou.

Assim como Ralf também terá de buscar onde atuar.

Não mais no Parque São Jorge.

Renê Júnior, mesma coisa.

Danilo Avelar, se quiser, seguirá como zagueiro.

Não tem a velocidade, a habilidade que Tiago Nunes deseja.

A lateral esquerda ficará para Sidcley.

Esta será a premissa da equipe para 2020. 

A antítese do time fechado, sem iniciativa, medroso, lento, acovardado dos últimos tempos de Fabio Carille.

"Durante minha trajetória, experimentei diversos modelos de jogo. Eu me formei como treinador tendo a oportunidade de vivenciar quase todas as ideias.

"Mas o que mais me agrada é ter mais a bola, ser propositivo, que privilegia a condição técnica, até mais vistoso de ver", assumiu Tiago, na sua primeira entrevista coletiva como técnico do Corinthians.

"É um primeiro passo num novo ciclo, uma nova temporada, um sonho que se realiza, pelo fato que todo mundo que se apaixona pelo futebol pensa em jogar ou estar próximo dos principais clubes do mundo", disse, orgulhoso.

Jadson, Ralf e Renê Júnior foram avisados que não seguiriam no Corinthians. E foram avisados que não deveriam estar no clube nesta segunda-feira, para não deixar o ambiente pesado.

Tiago  Nunes foi direto com a diretoria. Não quis o meia e os volantes

Tiago Nunes foi direto com a diretoria. Não quis o meia e os volantes

Athletico Paranaense

"Ele (Ralf) não se reapresentou hoje, assim como Jadson, Renê Júnior e mais um ou dois atletas com os quais existem situações de negociação, interesse e sondagem. Então, a gente preferiu que venham na quarta para que a gente converse com os representantes para ver os melhores negócios", tentou amenizar o diretor Duílio Monteiro Alves.

Ralf representava a figura do 'cão de guarda', volante que ficava à frente da zaga e apenas desarmava os meias ou atacantes adversários e tocava a bola para o lado.

O novo perfil da posição é o de Victor Cantillo, meio campista com poder de marcação, mas que tem ótimo domínio de bola e condições de puxar um contragolpe em velocidade.

Além disso, Ralf recebe R$ 400 mil mensais.

Jadson, R$ 275 mil.

Só que a sua saída, decidida no início de outubro do ano passado, tem a ver com suas contusões seguidas e o preparo físico. Ele perdeu explosão muscular, resistência, velocidade. Os 36 anos pesam demais.

E o arrependimento da diretoria por ter prorrogado seu contrato até dezembro de 2020 foi enorme.

Renê Júnior não mostrou potencial para ser titular da equipe.

Recebe R$ 250 mil e tem contrato até janeiro de 2021.

A saída do trio significará uma economia de R$ 925 mil mensais.

Danilo Avelar, se quiser ficar, será como zagueiro. Não será mais lateral

Danilo Avelar, se quiser ficar, será como zagueiro. Não será mais lateral

Reprodução/Twitter

O Corinthians aceita a rescisão amigável.

E fará tudo para não pagar parte do salário dos atletas em outras equipes.

Tiago Nunes já mostrou a que veio.

A assessoria de Jadson não ligou para agradecer ao blog.

Afinal, o meia foi alertado em outubro que não ficaria.

Ganhou três meses para procurar lugar para jogar...

Mercado da Bola 2020: veja quem saiu e quem chegou no seu time